PDA

View Full Version : Conversa de café



Pages : 1 [2] 3

Ruderico
09-23-2019, 10:48 PM
O que ele faz não é diferente do que se faz aqui no G25, ficas é com uns mapas bonitos, mas que não valem mais por isso. Eu acho que é mandar dinheiro fora.

O que eu não sei é se as referências do tipo são de facto boas e fiáveis, é que enquanto moderador aqui posso dizer-te que li coisas um pouco negativas sobre ele..não parece ser um tipo muito fiável ou escrupoloso. Até o Davidski tem calma a meter referências no G25 para não estragar a coisa e para ser rigoroso qb, já este mete tudo a torto e a direito mas duvido que verifique bem as origens das referências.
Ainda por cima tens o problema de ser o K36, que é pior que o G25, K13 e K15

Endovelicus
09-23-2019, 10:53 PM
Estavas a dizer que eu poderia fazer o mesmo com o G25. Qual é o procedimento?

Gil Vicente
09-23-2019, 10:58 PM
Aquele relatório dá algum trabalho, por exemplo o mapa da europa com o gradiente de cores. E dez euros achas tu no chão se tiveres sorte :P

Ruderico
09-23-2019, 11:03 PM
Estavas a dizer que eu poderia fazer o mesmo com o G25. Qual é o procedimento?

Aquilo é só uma lista de modelos muito simples feitos com as referências que ele tem no K36, qualquer PCA serve para isso. Faz-se no R com o nMonte do Ger Huijbregts. É basicamente o que eu faço com amostras antigas, ele fá-lo com as dele. Depois mete apenas uma lista de distâncias ou correlações entre ti a as médias das referências regionais, com um mapinha bonito. Novamente, podes ver a lista com o G25 e o PAST3, o mesmo programa que eu uso para fazer as plotagens do G25 tipo esta (https://i.postimg.cc/ZTpsK482/visigoth12031.png).

O mapa não fazes lá, mas sinceramente também não dou importância a isso porque é apenas folclore, o importante são os dados e esses eu tenho-os.

Endovelicus
09-23-2019, 11:04 PM
Aquele relatório dá algum trabalho, por exemplo o mapa da europa com o gradiente de cores. E dez euros achas tu no chão se tiveres sorte :P

Não me posso queixar da sorte, já achei uma vez 50€..:rofl:

Endovelicus
09-23-2019, 11:09 PM
Eu acho que o Lusitano criou um tutorial do nMonte lá no forumeiros.

Ruderico
09-23-2019, 11:13 PM
Não me posso queixar da sorte, já achei uma vez 50€..:rofl:
A minha namorada há uns tempos encontrou €250 (5 de €50). Nunca alguma vez vi ou ouvi alguém ter tanta sorte com dinheiro no chão. Foi numa caixa do BPI, estava ali no chão à espera.
Eu raramente encontro, a última vez foi nos santos em Lisboa que encontrei 5 aéreos..deu para umas jolas


Eu acho que o Lusitano criou um tutorial do nMonte lá no forumeiros.
Sim, é muito simples de usar, é uma questão de ter pachorra e tempo para conhecer as amostras e fazer modelos, daí que eu só me foque na península Ibérica

Endovelicus
09-23-2019, 11:28 PM
A pessoa levantou dinheiro e deve tê-lo deixado cair. Quando se apercebeu já a "larápia" da tua patroa os tinha gamado.

Isso é que foi sorte, ter achado tal quantia e as notas não terem voado. :rofl:

Depois desses 50€ nunca mais achei nada. :P

Locais de ajuntamento de pessoas são bons spots de achados. Mas nesses locais o que tenho achado foram sempre merrecas, nem para uma jola dava. lol

Endovelicus
09-23-2019, 11:38 PM
Obrigado pelos esclarecimentos, Ruderico e Gil. :thumb:

Ruderico
09-24-2019, 07:03 AM
Já agora, estive uma semana e trocos na terra do meu pai, na região de Viseu, e achei que as pessoas por aquelas bandas são mais baixas do que em Lisboa. Eu sei que é uma amostra anedótica, mas já tiveram impressões semelhantes noutras regiões do país, em especial nas mais rurais?

Endovelicus
09-24-2019, 01:28 PM
Já agora, estive uma semana e trocos na terra do meu pai, na região de Viseu, e achei que as pessoas por aquelas bandas são mais baixas do que em Lisboa. Eu sei que é uma amostra anedótica, mas já tiveram impressões semelhantes noutras regiões do país, em especial nas mais rurais?

Sim, na terra do meu avô, aldeia de Feteira (São Bartolomeu dos Galegos), Lourinhã. Por exemplo, pessoas na casa dos 50 pareceram-me mais baixas do aquelas que habitam as regiões urbanas, como Lisboa ou o Barreiro.

Endovelicus
09-27-2019, 02:50 PM
Teste para ver com que partido político mais se identifica nestas eleições legislativas.

https://www.bussolapolitica.org/?fbclid=IwAR1OXn-mKOOuKP0erzxmQUngwUrUTqrLe5SSlqCrr2rh6ZYDi3ATlaCbr t4

O meu resultado

https://i.imgur.com/Iy2Rm5x.png

Ruderico
09-27-2019, 03:46 PM
É praticamente igual ao que me deu a mim :)

Endovelicus
09-27-2019, 03:59 PM
É praticamente igual ao que me deu a mim :)

Gostava que a IL conseguisse eleger um deputado.

Endovelicus
09-27-2019, 04:03 PM
Wtf you were doing so well

A barba depois volta e a minha cresce rápido. :lol:
Foi só para ver como ficava, foi estranho ver-me sem barba. :lol:

passenger
09-27-2019, 04:05 PM
Teste para ver com que partido político mais se identifica nestas eleições legislativas.

https://www.bussolapolitica.org/?fbclid=IwAR1OXn-mKOOuKP0erzxmQUngwUrUTqrLe5SSlqCrr2rh6ZYDi3ATlaCbr t4

O meu resultado

https://i.imgur.com/Iy2Rm5x.png

Pelos vistos, sou do PAN :laugh: Mas para dizer a verdade em muitas das perguntas nenhuma das opções se aproxima da minha opinião exata. Ainda bem que (ainda) não voto em Portugal.

Ruderico
09-27-2019, 04:07 PM
Pelos vistos, sou do PAN :laugh: Mas para dizer a verdade em muitas das perguntas nenhuma das opções se aproxima da minha opinião exata. Ainda bem que (ainda) não voto em Portugal.

Eu também não vou votar no IL. Sinceramente ainda nem sei onde irei meter a cruz, se calhar voto em branco

Gil Vicente
09-27-2019, 08:30 PM
Costumo pontuar à esquerda nestes testes. Cá para mim este é tendencioso...

https://i.ibb.co/Y3ft8DH/Capturar.jpg

Endovelicus
09-27-2019, 08:47 PM
Eu pontuo sempre a direita, mas um pouco menos libertário do que o resultado desse teste.

Ruderico
09-27-2019, 09:34 PM
Eu costumo ficar ali na fronteira entre o libertário e o autoritário, este deu-me claramente no primeiro. Parece uma versão rasca do politicalcompass.org

passenger
09-27-2019, 10:16 PM
Uma pergunta aos portugueses e brasileiros fãs da genética autossómica. Costumo olhar os resultados de testes comerciais e tenho reparado que, entre alguns brasileiros, parece haver uma maior tendência de receberem uma percentagem considerável de adn classificado como "britânico" ou parecido, até em relação aos portugueses, que não raras vezes têm uma certa percentagem de alguma região do noroeste da Europa. Aqui estou a falar particularmente dos resultados da MyHeritage, que sabemos não serem dos melhores, mas também vejo em testes de outras companhias. Mais alguém tem essa impressão, ou sou só eu?

RCO
09-28-2019, 01:37 AM
Esse britânico geralmente é associado com o atlântico celta de origem ibérica mesmo e o ameríndio também contribui parcialmente para confundi-lo com o Norte da Europa, mas são diferentes.

passenger
09-28-2019, 03:39 AM
Esse britânico geralmente é associado com o atlântico celta de origem ibérica mesmo e o ameríndio também contribui parcialmente para confundi-lo com o Norte da Europa, mas são diferentes.

Muito curioso. O atlântico celta faz sentido. Agora, não percebo bem a ligação com o fator ameríndio. Qual é o componente partilhado entre esses dois que provoca essa confusão?

RCO
09-28-2019, 10:29 PM
Parte da herança genética ameríndia é a mesma dos europeus - https://www.nature.com/articles/nature12736#affil-auth Upper Palaeolithic Siberian genome reveals dual ancestry of Native Americans e "Both EHG and SHG share a non-negligible component in ADMIXTURE analysis that is maximized in some modern Native American populations which points towards ANE ancestry, as represented by the MA1 and AG3 samples from Palaeolithic Siberia" https://www.nature.com/articles/s41467-018-02825-9%20

passenger
09-28-2019, 11:23 PM
Parte da herança genética ameríndia é a mesma dos europeus - https://www.nature.com/articles/nature12736#affil-auth Upper Palaeolithic Siberian genome reveals dual ancestry of Native Americans e "Both EHG and SHG share a non-negligible component in ADMIXTURE analysis that is maximized in some modern Native American populations which points towards ANE ancestry, as represented by the MA1 and AG3 samples from Palaeolithic Siberia" https://www.nature.com/articles/s41467-018-02825-9%20

Está explicado, então. Tenho um amigo que, como tu, também é do Rio e principalmente descendente de portugueses, com uma pequena percentagem de ascendência africana e ameríndia, e, para além de receber essas percentagens, e alguma percentagem norte-africana, como era de esperar, também recebeu algo como 20 porcento britânico que o deixou confuso (e a mim também), e já vi vários outros exemplos disso. Também parece acontecer entre outros latino-americanos. É claro que em alguns casos pode ser que até têm alguma ascendência britânica, ou semelhante, mas me parecia pouco provável que fosse assim tão comum.

RCO
09-29-2019, 12:14 AM
Sempre é interessante explorar as várias calculadoras do gedmatch porque podem revelar conexões interessantes.

Endovelicus
09-30-2019, 08:56 AM
Fico sempre com a impressao de que o MyHeritage tende a inflacionar a percentagem de ancestralidade britanica nos Ibéricos.

Ruderico
09-30-2019, 09:11 AM
Fico sempre com a impressao de que o MyHeritage tende a inflacionar a percentagem de ancestralidade britanica nos Ibéricos.

Já vi de tudo, até 30% Escandinavo em Portugueses, imagino o que não dirá de alguns Catalães. O ancestry report do MH é horrível, nisso o 23andme bate todos aos pontos

Endovelicus
09-30-2019, 10:52 AM
Já vi de tudo, até 30% Escandinavo em Portugueses, imagino o que não dirá de alguns Catalães. O ancestry report do MH é horrível, nisso o 23andme bate todos aos pontos

Já vi um Brasileiro com 20% de Escandinavo no MH, mas não era user do AG

Endovelicus
10-01-2019, 12:04 PM
Interessante o artigo principal da National Geographic deste mês.

https://nationalgeographic.sapo.pt/images/revistas/223/CapaOutubro.jpg

Ruderico
10-01-2019, 12:19 PM
Porreiro, se calhar ainda dou uma vista de olhos nisso. Nunca compro a NG, quanto custa?

Endovelicus
10-01-2019, 01:06 PM
Porreiro, se calhar ainda dou uma vista de olhos nisso. Nunca compro a NG, quanto custa?

€4,95

Ruderico
10-01-2019, 03:32 PM
€4,95

Barato até, mas o que eu queria mesmo ter era uma dessas espadas de antenas (das nossas ou de Hallstatt, tanto faz) que o senhor tem ali na mão

Ruderico
10-01-2019, 04:43 PM
Já agora, a BETA do 23andme passou a oficial

Endovelicus
10-01-2019, 05:15 PM
Barato até, mas o que eu queria mesmo ter era uma dessas espadas de antenas (das nossas ou de Hallstatt, tanto faz) que o senhor tem ali na mão

Poderiam ter lançado uma oferta dessas. :lol:

Endovelicus
10-01-2019, 05:16 PM
Já agora, a BETA do 23andme passou a oficial

Quem não vai ficar satisfeito é o Hyoga7. :lol:

Ruderico
10-01-2019, 05:19 PM
Quem não vai ficar satisfeito é o Hyoga7. :lol:

Eu até gosto desta última versão, fico sempre com um sorriso na cara ao ver tanta gente com menos Spanish & Portuguese e mais Italian que eu :lol:

Já agora, têm quantas matches com 4 avôs de Espanha? Eu só tenho 8, a maioria parece ser Galega ou da região de Leão

Endovelicus
10-01-2019, 05:26 PM
Eu fui beneficiado porque a minha percentagem de português & espanhol subiu face à antiga versão live. :lol:
O italiano é que deu um pulo. :D

Eu até curtia os quase 13% de Northwest European que tinha, não obstante de mais de matede deles serem à custa de broadly, agora passou de 13 para 5,1%. :tsk: :lol:

Ruderico
10-01-2019, 05:40 PM
Eu fui beneficiado porque a minha percentagem de português & espanhol subiu face à antiga versão live. :lol:
O italiano é que deu um pulo. :D

Eu até curtia os quase 13% de Northwest European que tinha, não obstante de mais de matede deles serem à custa de broadly, agora passou de 13 para 5,1%. :tsk: :lol:

Por acaso até encontrei um número nada desprezável de pessoas com valores de +10% de NW Euro em Portugal. Também parece que toda a gente tem West Asian e North African, nem que seja uns pozinhos como eu, mas vê-se muita gente com valores já de 1.5 ou 2%.

Tenho uma match 75% Valencia, 25% La Rioja que tem mais de 18%. Não me surpreenderia se houvessem Catalães com mais de 20%. Agora se isso é apenas por haver maior proximidade geográfica (e consequentemente genética) entre a Catalunha e França, ou se é consequência de colonização por parte de colonos Franceses durante a Reconquista não faço ideia

Endovelicus
10-01-2019, 05:41 PM
Já agora, têm quantas matches com 4 avôs de Espanha? Eu só tenho 8, a maioria parece ser Galega ou da região de Leão

Para ver isso é na categoria DNA Relatives List.... e depois? :lol:

Ruderico
10-01-2019, 05:42 PM
Para ver isso é na categoria DNA Relatives List.... e depois? :lol:

Tens à esquerda Ancestor birthplaces, depois escolhes Espanha e metes 4 grandparents. A patroa tem 12, mas ela é Raiana

Endovelicus
10-01-2019, 05:47 PM
Por acaso até encontrei um número nada desprezável de pessoas com valores de +10% de NW Euro em Portugal. Também parece que toda a gente tem West Asian e North African, nem que seja uns pozinhos como eu, mas vê-se muita gente com valores já de 1.5 ou 2%.

Tenho uma match 75% Valencia, 25% La Rioja que tem mais de 18%. Não me surpreenderia se houvessem Catalães com mais de 20%. Agora se isso é apenas por haver maior proximidade geográfica (e consequentemente genética) entre a Catalunha e França, ou se é consequência de colonização por parte de colonos Franceses durante a Reconquista não faço ideia

também ganhei um pozinho de West Asian& North Africa 0,9% (antes inferior a 0,5%)

esta porra é que não baixa mais...'tou a brincar, acho fascinante :lol:
SSA 1,4% (antes 1,7%)

Endovelicus
10-01-2019, 05:55 PM
Tens à esquerda Ancestor birthplaces, depois escolhes Espanha e metes 4 grandparents. A patroa tem 12, mas ela é Raiana

Tenho 6 (2 da Galiza, Andaluzia, Canárias, Leon, um não especifica a região espanhola)

Ruderico
10-01-2019, 06:09 PM
também ganhei um pozinho de West Asian& North Africa 0,9% (antes inferior a 0,5%)

esta porra é que não baixa mais...'tou a brincar, acho fascinante :lol:
SSA 1,4% (antes 1,7%)

Não és o único, já vi uma ou outra pessoa do Continente com valores assim. Se calhar há mesmo malta com uns trocos disso:

https://4.bp.blogspot.com/-78y9qZ4oAgc/Wr8gOGEq0UI/AAAAAAAADzA/8vFqiubMp6MqaVJa_TZMPDuHe101ZRB7gCLcBGAs/s1600/WSahara.png

Hyoga7
10-01-2019, 08:48 PM
Já vi de tudo, até 30% Escandinavo em Portugueses, imagino o que não dirá de alguns Catalães. O ancestry report do MH é horrível, nisso o 23andme bate todos aos pontos

Isto sou eu no MyHeritage em termos de NWE:

33536

Gil Vicente
10-01-2019, 08:59 PM
A minha AC do 23andme mudou bastante. Agora sou ~72% Portuguese+Spanish e pela primeira vez apareceu-me Greek & Balkan e Sardinian ambos com valores de ~0.5%.
Escusado será dizer que as regiões continuam mal:


Portugal has 20 administrative regions, and we found the strongest evidence of your ancestry in the following 10 regions.
These Recent Ancestor Locations are ordered from strongest to weakest level of evidence for recent ancestry. The relative strength of evidence for each is on a scale from 0 to 5.
Azores
Madeira
Coimbra District
Leiria District
Aveiro District
Lisbon
Viseu District
Santarém District
Viana do Castelo District
Faro District

É que nem tem nada a ver. É ao calhas e pode ser que acerte para alguém :biggrin1:

Ruderico
10-01-2019, 09:03 PM
A minha AC do 23andme mudou bastante. Agora sou ~72% Portuguese+Spanish e pela primeira vez apareceu-me Greek & Balkan e Sardinian ambos com valores de ~0.5%.
Escusado será dizer que as regiões continuam mal:



É que nem tem nada a ver. É ao calhas e pode ser que acerte para alguém :biggrin1:

Pois as regiões continuam uma treta. Ficaste com algum West Asian e North African?

Edit: é mais fácil pedir imagem lol

Gil Vicente
10-01-2019, 09:08 PM
Pois as regiões continuam uma treta. Ficaste com algum West Asian e North African?

Edit: é mais fácil pedir imagem lol

Sim. Pela primeira vez também:

33537

Endovelicus
10-01-2019, 09:09 PM
A minha AC do 23andme mudou bastante. Agora sou ~72% Portuguese+Spanish e pela primeira vez apareceu-me Greek & Balkan e Sardinian ambos com valores de ~0.5%.
Escusado será dizer que as regiões continuam mal:



É que nem tem nada a ver. É ao calhas e pode ser que acerte para alguém :biggrin1:

Eu tinha uma percentagem residual de Grek & Balkan e de Portuguese & Spanish semelhantes às tuas aquando da saído dos primeiros resultados. Com a BETA a percentagem de Ibérico subiu e agora está em 75%.

As minhas regiões mantêm-se:

Azores
Madeira
Lisbon
Leiria District
Guarda District
Aveiro District
Porto District
Santarém District
Beja District
Coimbra Distric

Assinalado a bold estão as regiões da família materna. Não estiveram mal neste quesito. Embora isto pouco importa.

Gil Vicente
10-01-2019, 09:11 PM
Eu tinha uma percentagem residual de Grek & Balkan e de Portuguese & Spanish semelhantes às tuas aquando da saído dos primeiros resultados. Com a BETA a percentagem de Ibérico subiu e agora está em 75%.

As minhas regiões mantêm-se:

Azores
Madeira
Lisbon
Leiria District
Guarda District
Aveiro District
Porto District
Santarém District
Beja District
Coimbra Distric

Assinalado a bold estão as regiões da família materna. Não estiveram mal neste quesito.

Talvez um dia faça o update. Continuo com o V2 (fiz o teste em 2010 ou 2011). Mas tb não sei se mudaria alguma coisa.

A tua opinião sobre o update, Ruderico?

Endovelicus
10-01-2019, 09:23 PM
Talvez um dia faça o update. Continuo com o V2 (fiz o teste em 2010 ou 2011). Mas tb não sei se mudaria alguma coisa.


Já foi há uns anos, agora a versão do chip é 5.

Ruderico
10-01-2019, 10:27 PM
Talvez um dia faça o update. Continuo com o V2 (fiz o teste em 2010 ou 2011). Mas tb não sei se mudaria alguma coisa.

A tua opinião sobre o update, Ruderico?

Eu pessoalmente gosto do update, ajuda a melhorar os resultados para a malta da Ásia, e isso acaba por ter consequências para nós, e todos os da Europa do Sul, que temos mais ADN em comum com eles.

Agora a minha dúvida é se estes valores mais ou menos pequenos de West Asian que estão a aparecer são algo verdadeiro e relativamente recente, ou se é apenas ADN antigo em comum com eles. Provavelmente é a mesma história que o NW European e do Italian, que todos temos mas provavelmente não se deve a nenhum antepassado recente..pelo menos na maioria dos casos, tenho uma match Espanhola com um antepassado Cigano que não engana ninguém

Hyoga7
10-02-2019, 01:08 PM
Quem não vai ficar satisfeito é o Hyoga7. :lol:

Parafraseando o JJ: agora é que dissestes tudo!

Dei uma vista de olhos rápida e de 90,5% de "Spanish & Portuguese" passei para 80,8%.

E os gajos do VAR deixaram passar isto!

* O meu pai passou de 83,4% para 84%.
O meu tio materno passou de 89,7% para 80,9%.

Endovelicus
10-02-2019, 01:34 PM
Parafraseando o JJ: agora é que dissestes tudo!

Dei uma vista de olhos rápida e de 90,5% de "Spanish & Portuguese" passei para 80,8%.

E os gajos do VAR deixaram passar isto!

* O meu pai passou de 83,4% para 84%.
O meu tio materno passou de 89,7% para 80,9%.



https://www.youtube.com/watch?v=tEVPU0VMMzs

:lol:

mas realmente é um enorme corte, mais parece o factor de sustentabilidade...:lol:

como ficaram distribuídas as percentagens pelos restantes componentes de ancestralidade?

Endovelicus
10-02-2019, 01:38 PM
Interessante o artigo principal da National Geographic deste mês.


Durante a hora de almoço fui num instante comprá-la. :D


Barato até, mas o que eu queria mesmo ter era uma dessas espadas de antenas (das nossas ou de Hallstatt, tanto faz) que o senhor tem ali na mão

não há espada, como oferta traz uma mapa suplemento - a ecovia do Rabaçal em Valpaços. :lol:

Ruderico
10-02-2019, 01:40 PM
Durante a hora de almoço fui num instante comprá-la. :D

O artigo sobre os Celtas está bem desenvolvido e é interessante, ou nem por isso?

Endovelicus
10-02-2019, 01:43 PM
O artigo sobre os Celtas está bem desenvolvido e é interessante, ou nem por isso?

ainda nem li. :lol:

Ruderico
10-02-2019, 01:44 PM
ainda nem li. :lol:

Quero saber se é só fogo-fátuo, ou se vale a pena gastar 5 aereos na coisa :lol:

Endovelicus
10-02-2019, 01:47 PM
Quero saber se é só fogo-fátuo, ou se vale a pena gastar 5 aereos na coisa :lol:

Toma atenção ao chão, pode ser aches um grande achado, passo a redundância... assim já não te sai do bolso. :lol:

Eu vou ler o artigo quando tiver tempo, e depois digo-te qq coisa.

Ruderico
10-04-2019, 08:53 AM
Parafraseando o JJ: agora é que dissestes tudo!

Dei uma vista de olhos rápida e de 90,5% de "Spanish & Portuguese" passei para 80,8%.

E os gajos do VAR deixaram passar isto!

* O meu pai passou de 83,4% para 84%.
O meu tio materno passou de 89,7% para 80,9%.

E o resto das categorias? Dava jeito para comparar, especialmente porque vocês estão phased e nós não

Gil Vicente
10-04-2019, 07:16 PM
Costumo pontuar à esquerda nestes testes. Cá para mim este é tendencioso...

https://i.ibb.co/Y3ft8DH/Capturar.jpg

Entretanto fui investigar a IL e fiquei agradavelmente surpreendido:


https://www.youtube.com/watch?v=RXZrQTzWN4k

Até dei uma vista de olhos pelo programa. Talvez o teste até tenha razão em me colocar perto da IL.

Endovelicus
10-04-2019, 07:30 PM
O Carlos Guimarães Pinto fez xeque-mate no Ricardo Araújo Pereira, que não conseguiu retorquir uma única vez.
Seria uma pequena lufada de ar fresco a direita se conseguissem eleger um deputado.

Ruderico
10-04-2019, 07:46 PM
Esse tipo tem uma granda pinta

Ruderico
10-07-2019, 12:45 AM
Lá acabei por votar no IL, fiquei feliz por saber que lá conseguiram eleger um deputedo. Por outro lado o Livre também o conseguiu, apesar daquele discurso atroz de calimeros antifas pseudo-democratas. Deu-me um bocado de azia, mas bem que se lixa que vai ter de aturar o Ventura :lol:

passenger
10-07-2019, 01:44 AM
Lá acabei por votar no IL, fiquei feliz por saber que lá conseguiram eleger um deputedo. Por outro lado o Livre também o conseguiu, apesar daquele discurso atroz de calimeros antifas pseudo-democratas. Deu-me um bocado de azia, mas bem que se lixa que vai ter de aturar o Ventura :lol:

Com todo o respeito, dizer que o Livre tem um discurso tipo antifa é como dizer que o CDS tem um discurso tipo KKK (não que os dois necessariamente sejam equivalentes no seu extremismo). Evidentemente isto tudo depende de onde nos situamos no espetro político. O Livre é um partido de centro-esquerda, originalmente filiado ao Bloco, mas que deixou o Bloco por ser considerado demasiado centrista em certas questões (particularmente a de não ser eurocético).

Ruderico
10-07-2019, 01:54 AM
A própria deputada disse que era anti-fascista. Disse-o ainda hoje. Aquilo é extrema-esquerda e eu odeio extrema-esquerda

passenger
10-07-2019, 02:02 AM
A própria deputada disse que era anti-fascista. Disse-o ainda hoje.

Acho que estamos perante um desentendimento de ordem semántica. Ser anti-fascista não equivale a ser "antifa" no sentido como este último termo é utilizado para designar ativistas mascarados. No mais, num mundo em que o fascismo ergue novamente a sua cabeça em todos os cantos, uma boa dose de anti-fascismo não faz mal.

Ruderico
10-07-2019, 02:20 AM
"Seremos no Parlamento a esquerda antifascista, antirracista, a esquerda feminista radical porque o radicalismo feminista também é o alicerce das democracias", disse Joacine Moreira.

"Seremos a esquerda verde no Parlamento português, a esquerda ecológica que defenderá o novo pacto verde, o investimento necessário para proteger o planeta", disse, lembrando a responsabilidade e a esperança que a sua eleição representa e garantindo que será uma "voz desconfortável".

"O Livre está ansioso, sedento de contribuir de uma forma efetiva para uma mudança nacional", acrescentou.*"As reivindicações das minorias, quaisquer que elas sejam, são aquelas que vão reforçar a democracia em Portugal".

passenger
10-07-2019, 02:31 AM
"Seremos no Parlamento a esquerda antifascista, antirracista, a esquerda feminista radical porque o radicalismo feminista também é o alicerce das democracias", disse Joacine Moreira.

"Seremos a esquerda verde no Parlamento português, a esquerda ecológica que defenderá o novo pacto verde, o investimento necessário para proteger o planeta", disse, lembrando a responsabilidade e a esperança que a sua eleição representa e garantindo que será uma "voz desconfortável".

"O Livre está ansioso, sedento de contribuir de uma forma efetiva para uma mudança nacional", acrescentou.*"As reivindicações das minorias, quaisquer que elas sejam, são aquelas que vão reforçar a democracia em Portugal".

Não vejo nada de problemático. Mas como disse, isso obviamente depende de onde nos situamos no espetro político. Eu pessoalmente não gosto muito desse novo tom mais combativo do partido. Conheço pessoalmente o fundador, e é das pessoas mais esclarecidas e pragmáticas que já conheci. Mas entre um André e uma Joacine, mil vezes Joacine.

Ruderico
10-07-2019, 02:34 AM
Pois, mas eu vejo. Entre esta tipa e o Ventura venha o diabo e escolha.

passenger
10-07-2019, 04:16 AM
Pois, mas eu vejo. Entre esta tipa e o Ventura venha o diabo e escolha.

Falsas equivalências. Portugal não sabe o que é extrema-esquerda, e se existe em Portugal não é o partido Livre. Há vários partidos mais à esquerda em termos de propostas, mas as pessoas confundem o tom do discurso da candidata e as bandeiras sociais que ela levanta com o conteúdo concreto do programa. Não deveria ser tão fácil fazer dela um bicho-papão para a direita, quando existem tantos outros alvos mais adequados. É claro que se não gostas da esquerda, não vaz gostar do Livre, mas a única coisa que o Livre tem de aparentemente mais "radical" em relação ao resto da esquerda é uma ênfase em questões de "justiça social". Ora, como Portugal é o eterno país dos "brandos costumes" acha-se imune a uma data de problemas sociais que nunca procurou examinar a fundo, e assusta-se quando alguém começa a olhar por baixo do tapete. Daí as causas sociais mais associadas com esta particular candidata acirrarem tanto os ânimos. Acho triste o partido ter de prioritizar bandeiras de "identity politics" para chamar a atenção quando tem mais para oferecer, mas parte disto é culpa do atual quadro geopolítico mundial, em que o ressurgimento da extrema-direita tem obrigado a esquerda a ser mais militante em certos aspetos. O que para mim é irônico é que pessoas de países como Portugal e Brasil que nunca viveram sob regimes de esquerda, mas sim, sob regimes de direita, podem ter tanto medo de um "extrema-esquerda" que nunca conheceram, e tão pouca preocupação com a ameaça muito mais real de partidos fascistas, ou, pelo menos, fascizantes. Deve ser que preferem o mal que já conhecem.

Ruderico
10-07-2019, 08:27 AM
Falsas equivalências? Desculpa lá, mas pára com o strawman porque eu nem fiz equivalência nenhuma, apenas disse que "entre os dois venha o diabo e escolha" porque não gosto de nenhum. Eu sou quase extremo-centro, para citar o Aliança em quem não votei.

O resto do teu post, francamente, é só blablabla a defender um lado e atacar o outro. Não precisavas, já tinha uma ideia de que lado da barricada te encontravas. Não me vais fazer mudar de ideias, nem eu sequer vou tentar mudar as tuas. Eu nem gosto de conversa política, aborrece-me e irrita-me.

Ruderico
10-07-2019, 08:41 AM
Já agora, convem lembrar


3.21 Political and religious discussion is only permitted in The Atrium, a forum section voluntarily selected for by subscription class members with at least 100 posts. Such discussions are strictly prohibited everywhere else in Anthrogenica. Members are advised to limit the scope of organic tangents arising from discussions. Failure by participants to limit said tangents will be construed by the administration as a breach to section 3.10 and/or 3.12 above.


Como este tópico é uma espécie de "The Atrium" Português, e como já toda a gente aqui se conhece minimamente, eu vou tolerar esta conversa que temos tido, mas lembrem-se que de isso não se aplica ao resto do fórum nem desta secção.

Endovelicus
10-07-2019, 09:01 AM
Deixa-me só postar isto (enquanto postaste estava a fazer o meu post, só vi o teu após concluir o meu).

Os perdedores da noite foram a CDU (claramente o que mais perdeu com a Geringonça) e o CDS que obteve o pior resultado de sempre. Cristas era a única cara que restava do antigo governo PSD+CDS que governou durante os tempos difíceis da Troika, ainda está a ser penalizada por isso.
O PS não teve a vitória tão estrondosa que se esperava, vai ter de se coligar para governar mais ou menos tranquilamente. Está disposto a falar com todos os partidos, excepto com o CHEGA, mas os parceiros mais óbvios para um acordo será o BE (apena PAN E Livre não chegam), mas não sei se o BE estará muito confortável nessa possível parceria, uma vez que a CDU para ja excluiu qq acordo com os socialistas, ou seja vai deixar de estar amestrada, chumbando mais facilmente as propostas (chega de engolir sapos).
PSD teve um mau resultado, mas não foi a hecatombe que as primeiras sondagens previam.
BE apesar de no cômputo geral consolidar a sua posição enquanto terceira força política perdeu votos.
PAN claramente o vencedor da noite, em conjuntos com os pequenos partidos, entre estes destaca-se o CHEGA.


Pessoalmente fiquei feliz pela entrada do IL* (votei neles),pelo BE não ter subido e a CDU ter descido. Menos satisfeito com a entrada do CHEGA e o Livre, mas enfim Democracia é assim mesmo.

*Só faltou a eleição do Carlos Guimarães Pinto pelo círculo do Porto para o objectivo ser pleno, mas pronto... vai apenas o Cotrim de Figueiredo para a assembleia.

Ruderico
10-07-2019, 09:08 AM
Como eu disse, vejo este tópico como uma versão Portuguesa do Atrium, pessoalmente não acho que haja problema em falar-se um pouco disto até porque a maior parte da conversa focou-se em coisas mais palpáveis como votos e programas, e menos em ideologia. Seja como for isto, é das mais típicas "conversas de café" que existem :lol:

Endovelicus
10-07-2019, 09:10 AM
Pelos vistos o Passenger é português ou então luso descendente.

Ruderico
10-07-2019, 10:22 AM
Já agora, o que achaste da revista da NG? Vale os 5 aéreos?

Endovelicus
10-07-2019, 01:07 PM
Já agora, o que achaste da revista da NG? Vale os 5 aéreos?

estou a meio do artigo, por causa do acompanhamento da noite eleitoral (para saber do IL tive de ver até ao fim :D) não li o resto ontem. :lol:
amanhã dou-te o feedback.

passenger
10-07-2019, 01:31 PM
Como eu disse, vejo este tópico como uma versão Portuguesa do Atrium, pessoalmente não acho que haja problema em falar-se um pouco disto até porque a maior parte da conversa focou-se em coisas mais palpáveis como votos e programas, e menos em ideologia. Seja como for isto, é das mais típicas "conversas de café" que existem :lol:

É difícil começar a falar de política sem se enveredar por questões de ideologia, pois uma coisa puxa a outra, mas pronto, já não toco mais nestes assuntos, porque não quero tornar o ambiente aqui desagradável, muito menos ser expulso ;) Mas, sim, conversa de café é assim, pelo menos em época de eleições.

passenger
10-07-2019, 01:35 PM
Pelos vistos o Passenger é português ou então luso descendente.

Nem português, nem luso-descendente, mas vivi uma década em Portugal e estou ligado ao país de várias formas.

Endovelicus
10-08-2019, 09:33 PM
Já agora, o que achaste da revista da NG? Vale os 5 aéreos?

É o seguinte, tendo em conta os meus parcos conhecimentos relativamente aos celtas e a tudo o que lhes é relacionado, gostei do artigo. Destaco também as óptimas ilustrações reconstituindo o ambiente da época.

Começaram por referir as escavações no Monte Le Mormont, iniciadas em 2006, altura em que descobriram 250 valas nas quais se encontraram vários de objectos, tais como cerâmicas, utensílios de ferreiro, e mós pouquíssimo usadas. Não encontraram armas. Existiam igualmente muitas ossadas de cavalos, mas também de humanos. Inicialmente os arqueólogos encarregues das escavações associaram Le Mormont a um local de culto. Rapidamente esta hipótese foi colocada em dúvida porque, de acordo com as investigações, as pessoas ali encontradas viveram pouco tempo naquele local, não teria existido uma verdadeira colónia, e os locais de culto são construídos para durar.
Sendo as ferramentas, as cabeças de gado, as mós tão importantes para a sobrevivência destas populações, os investigadores interrogavam-se sobre os motivos pelos quais as populações as teriam abandonado.

(…)

O artigo depois faz uma descrição do povo celta, a sua localização geográfica (tem um mapa), etc. Acredito que nesta secção do artigo não haja informação que seja novidade para ti.

(…)

Referência a Heuneburg, fundada por volta de 620 a.C., que se transformou num entreposto comercial de longa distância de passagem para Itália. Conhecida pela sua muralha construída em tijolos de barro, algo nunca visto fora da região do Mediterrâneo.
Arqueólogos crêem que este sítio, no sul da Alemanha, seja famosa cidade celta de Pyrene, mencionada pelo geógrafo e historiador grego Heródoto.
A poucos quilómetros de distância de Heuneburg, os celtas nivelaram um promontório, o Alte Burg, um local muralhado com uma área equivalente a 4 campos de futebol. Segundo conjecturas de arqueólogos, este planalto fora usado para cerimónias sagradas, corridas de quadriga.

(…)

Planalto de Glauberg, a norte da actual cidade alemã de Frankfurt. Sítio agrícola, com explorações rurais familiares e aldeias, rodeadas de zonas de cultivo de cereais. Prática de policultura que visava minimizar o risco de fracasso total das culturas.
No sopé de Glauberg haviam três indivíduos enterrados. Estudos intensivos das sepulturas revelaram colecções bastante ricas de artefactos (espadas, um escudo, etc).
Os investigadores descobriram no sopé do monte uma estátua de um homem em arenito, com cerca de 2m de altura. A estátua tem uma coroa de azevinho. Há um user aqui no AG cuja imagem de avatar é precisamente esta estátua. A estátua sem pés tornou-se um símbolo do local.

(….)

Bem, não vou adiantar muito mais, por isso vou directamente para a temática abordada no final do artigo, as Guerras da Gália (batalha de Alésia findou esse período bélico).
Batalha ocorrida na Borgonha, em 52 a.C. na qual Vercingetorix se rendeu às tropas romanas. A derrota celta não foi apenas uma vitória militar romana. Antes do século I a.C., os romanos haviam fundado províncias no Sul de França, fortalecendo laços económicos com determinadas regiões da Gália. Houve incremento do comércio; algumas aldeias celtas floresceram como entrepostos comerciais após as Guerras da Gália. Por aqui conclui-se que houve progresso e o mesmo revelou-se tão lucrativo para os comerciantes romanos como para os celtas. Terá sido assim em todos os lugares? A arqueóloga e professora na Universidade de Saarland descobriu que não e expõe a sua conjectura. A fortaleza do monte Otzenhausen, na região ocidental da Alemanha, inicialmente um povoado de pequenas dimensões tornou-se num grande centro por volta do ano 100 a.C., mas nos 50 anos seguintes entrou em declínio e poderá ter sido abandonado. O que teria acontecido?

(…)

Para saberes o resto terás de comprar a revista. :D

Endovelicus
10-09-2019, 09:40 AM
https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/71663041_1554322238039461_5056147187180765184_n.jp g?_nc_cat=104&_nc_oc=AQmgTEOUSNjwiJL445W3HtlOk6-YzCIHVUzk1_zHRKNaBycRs6pTZIITZ7CWUUUnwES4o-FRfPCAZXqeu9gu0R-Q&_nc_ht=scontent-bru2-1.xx&oh=c699f91a5e3d1642237ffedd7f0130f5&oe=5E22EF43

Este mapa está na edição de Agosto passado da revista National Geographic sobre as origens da Europa.

Ruderico
10-09-2019, 10:02 AM
Obrigado pela descrição da edição deles, se calhar compro. Só tenho pena que se tenha focado tanto na França e Alemanha, em algo que me parece ser mais propriamente La Tène que Hallstatt. O que faz sentido, La Tène era claramente Celta, enquanto que Hallstatt potencialmente pré/proto-Celta e possivelmente com línguas que acabariam por ser diferentes. Por falar no assunto, parece que está na calha um paper sobre Celtas que vai incluir amostras de Urnfield, Hallstatt e La Tène, pelo menos foi o que o Davidski reportou aqui no forum há umas semanas

jstephan
10-09-2019, 10:21 AM
Mapa muito útil para neófitos como eu! Obrigado.

Endovelicus
10-09-2019, 01:35 PM
Obrigado pela descrição da edição deles, se calhar compro. Só tenho pena que se tenha focado tanto na França e Alemanha, em algo que me parece ser mais propriamente La Tène que Hallstatt. O que faz sentido, La Tène era claramente Celta, enquanto que Hallstatt potencialmente pré/proto-Celta e possivelmente com línguas que acabariam por ser diferentes. Por falar no assunto, parece que está na calha um paper sobre Celtas que vai incluir amostras de Urnfield, Hallstatt e La Tène, pelo menos foi o que o Davidski reportou aqui no forum há umas semanas

:P

Volto a dizer, o artigo foi útil para mim, para ti pode ser trivial. O que podes fazer é passar numa FNAC ou numa Bertrand folheares a revista e então decidires se vale a pena gastar os 5 aéreos. :lol:

Endovelicus
10-09-2019, 02:06 PM
Mapa muito útil para neófitos como eu! Obrigado.

Também para mim.


O meu resultado no Global 25 (57% de componente neolítica)

https://i.imgur.com/4yUs7cB.png

Um pie chart semelhante ao exemplificado no mapa para os franceses.

Ruderico
10-09-2019, 07:14 PM
Há amostras Portuguesas novas no G25!
Aqui estamos a azul médio. A maioria deles estão no mesmo local dos anteriores, mas uns ficam um pouquinho mais a Sul. Endovelicus, já estás dentro do cluster! Parabéns! :lol:

https://i.postimg.cc/VfFB8MvP/g25westeurasia-portugal-october2019.png

Gil Vicente
10-09-2019, 08:09 PM
Quem tá fora do cluster sou eu... :suspicious:

As novas samples são de algum sitio ou são individuais?

Ruderico
10-09-2019, 08:21 PM
Quem tá fora do cluster sou eu... :suspicious:

As novas samples são de algum sitio ou são individuais?
Deixa estar, eu também estou. Há aí a família toda da mulher do Xavier que também ficam ao pé de ti.

Quanto às amostras, não faço ideia, hei-de perguntar ao David, mas suspeito que sejam individuais e que ele nem vai saber de onde as pessoas são

Endovelicus
10-09-2019, 09:02 PM
Há amostras Portuguesas novas no G25!
Aqui estamos a azul médio. A maioria deles estão no mesmo local dos anteriores, mas uns ficam um pouquinho mais a Sul. Endovelicus, já estás dentro do cluster! Parabéns! :lol:


agora sim, está certo. :laugh:

Huntchback
10-11-2019, 06:27 AM
Caríssimos,

Não sei se viram mas ontem já coloquei mais informações sobre o meu haplogrupo no tópico sobre o haplogrupo E.

Parece que sou uma raridade já que pertenço ao V1515. Até agora, que eu saiba, de ascendência Portuguesa, sou só eu e um senhor com ascendência da Madeira.

Ainda estou à espera de mais resultados do YSEQ...

Ruderico
10-11-2019, 08:41 AM
Eu reparei, V1515 é o mesmo que https://www.yfull.com/tree/E-CTS10880/ o que parece ser esmagadormente Árabe peninsular. Acho que, apesar da idade, deves ter razão a achar que chegou cá com um Árabe qualquer talvez durante as invasões. Provavelmente devia ser das elites, porque os Árabes estavam no topo da hierarquia social no Al-Andaluz.
É interessante, mas por outro lado não diz grande coisa sobre ti, é só uma das milhares de linhagens que tens :)


Por curiosidade, a tua família paterna é originaria de onde?

Endovelicus
10-11-2019, 09:09 AM
Ontem actualizaram os meus resultados do 23andMe, fui ver cada uma das componentes de ancestralidade e as percentagens não sofreram quaisquer alterações :lol:. O que tenho notado é o aumento do número de relatives.

Ruderico
10-11-2019, 09:37 AM
Ontem actualizaram os meus resultados do 23andMe, fui ver cada uma das componentes de ancestralidade e as percentagens não sofreram quaisquer alterações :lol:. O que tenho notado é o aumento do número de relatives.

Eles devem ter actualizado as tuas regiões, foi o que me fizeram a mim há uns dias, pelo menos. Estão melhorzitas, mas teoricamente ainda não acertaram bem.

Azores
Aveiro District
Porto District
Madeira
Lisbon
Viseu District
Coimbra District
Viana do Castelo District
Braga
Guarda District
Já disse várias vezes, mas ~75% da minha família é do distrito de Viseu e ~25% do Porto, apesar de metade ser em concelhos que fazem fronteira com o nordeste de Aveiro.

Por outro lado, a minha parte totalmente Viseense também faz fronteira com a Guarda (e até tenho mais antepassados desse distrito do que de Aveiro, mas já estamos a falar de 1700s), e no entanto só me aparece em 10º na lista. Não conheço nada de Minhoto, muito menos de Coimbra na minha família nos últimos 300 anos. Dito isto, um dos meus trisavôs, diz-se, devia ser Minhoto ou Transmontano (só lhe conheço o nome), e uma trisavó era algures do distrito do Porto, mas não se sabe de onde porque foi mandada para a Casa da Roda do Porto em 1862, e adoptada em Cinfães no mesmo ano. Finalmente um outro trisavô era de Sº João da Pesqueira, distrito de Viseu, ali na fronteira com a Guarda, Vila Real e Bragança - nada de Trás-os-Montes na lista.
Ilhas e Lisboa devem aparecer porque estão sobre-representados nas referências deles (suspeito que Porto e Aveiro também).


Ao menos já aparece Viseu..

Endovelicus
10-11-2019, 10:18 AM
Pois, não vi isso das regiões.

Quando testar o meu pai (a próxima cobaia :lol:) é que provavelmente deverá haver novo acerto na minha componente ancestral.

Huntchback
10-11-2019, 01:10 PM
No papel, a minha origem paterna é em Paredes, São Lourenço do Bairro, Anadia (cerca do ano 1620). O que é curioso é que esse meu avô teve um neto que foi habilitado para familiar do santo ofício. Na diligência não é referido nada de "outras origens".

Endovelicus
10-11-2019, 01:22 PM
Ruderico, ainda bem que referiste o pormenor das regiões, porque jamais voltaria a lembrar-me disso :lol:, e há novidades a respeito. :D

Outra coisa, alguém aqui fez upload da sua raw data (de outras companhias) no MH? Apenas para efeitos comparativos de resultados.

Ruderico
10-11-2019, 03:11 PM
No papel, a minha origem paterna é em Paredes, São Lourenço do Bairro, Anadia (cerca do ano 1620). O que é curioso é que esse meu avô teve um neto que foi habilitado para familiar do santo ofício. Na diligência não é referido nada de "outras origens".

Nem seria de esperar que tivesse, estás tu muito mais próximo dele, do que ele estava de um possível antepassado mouro que entrou na península durante o período Omíada.
Tendo em conta que somos todos ~10% norte Africano, não é de estranhar que hajam haplogrupos do norte de África, e uma pequena minoria de outros de origem Árabe. Isso não faz de ti mouro, a menos que sejas adepto do SLB e estejas a falar com um do FCP :lol:



Outra coisa, alguém aqui fez upload da sua raw data (de outras companhias) no MH? Apenas para efeitos comparativos de resultados.

Não, nem vou fazer, porque as companhias veem SNPs diferentes e acabas por ter um resultado que apenas te olha para uma pequena porção da informação. Não vale a pena, é mandar dinheiro fora, ou sujeitares-te a ver resultados idiotas

Gil Vicente
10-11-2019, 06:40 PM
Quanto a mim, regiões conhecidas: Baixo Alentejo/Alentejo Litoral.

23andme:


Azores
Madeira
Coimbra District
Leiria District
Aveiro District
Lisbon
Viseu District
Santarém District
Viana do Castelo District
Faro District

É que nem uma. Isto são as regiões dos meus primos do 23andme, depois fazem uma média e atribuem?
A funcionalidade das regiões tem credibilidade zero para mim.

Ruderico
10-11-2019, 06:46 PM
Quanto a mim, regiões conhecidas: Baixo Alentejo/Alentejo Litoral.

23andme:



É que nem uma. Isto são as regiões dos meus primos do 23andme, depois fazem uma média e atribuem?
A funcionalidade das regiões tem credibilidade zero para mim.

Grande barracada, isso já são as regiões actualizadas? Estou a ver que todos temos as ilhas, Lisboa, Aveiro e Viana, apesar de não haverem ligações reais :lol:
A minha patroa ainda não tem o update regional dela, a família conhecida é toda de Idanha (Castelo Branco), estou para ver o que lhe sai. Depois meto aqui

Gil Vicente
10-11-2019, 06:51 PM
Grande barracada, isso já são as regiões actualizadas? Estou a ver que todos temos as ilhas, Lisboa, Aveiro e Viana, apesar de não haverem ligações reais :lol:
A minha patroa ainda não tem o update regional dela, a família conhecida é toda de Idanha (Castelo Branco), estou para ver o que lhe sai. Depois meto aqui

É já com o update sim. Dantes a lista era mais pequena.

Ruderico
10-11-2019, 06:52 PM
É já com o update sim. Dantes a lista era mais pequena.

Exacto, agora dão-nos 10 regiões a todos. Parece que estão a dar tiros no escuro

Endovelicus
10-11-2019, 08:13 PM
Antes do update já tinha 10 regiões.

Endovelicus
10-11-2019, 08:18 PM
Grande barracada, isso já são as regiões actualizadas? Estou a ver que todos temos as ilhas, Lisboa, Aveiro e Viana, apesar de não haverem ligações reais :lol:
A minha patroa ainda não tem o update regional dela, a família conhecida é toda de Idanha (Castelo Branco), estou para ver o que lhe sai. Depois meto aqui

Como havia dito, tenho ligações reais a Lisboa, agora relativamente a Viana, ou a Aveiro que eu saiba não. :lol:

Ruderico
10-11-2019, 08:38 PM
Antes do update já tinha 10 regiões.

Eu só tinha umas 7, a minha namorada é igual. Estou é a estranhar a demora, porque fizemos o teste exactamente na mesma altura, eu já tenho o update reigonal mas ela não

RCO
10-11-2019, 09:43 PM
A minha parte portuguesa ficou assim:
Portugal has 20 administrative regions, and we found the strongest evidence of your ancestry in the following 10 regions.

Azores
Madeira
Porto District
Leiria District
Lisbon
Faro District
Aveiro District
Santarém District
Viana do Castelo District
Braga


Eu tenho três trisavós portugueses, um da Ilha do Pico, um da Ilha Terceira e um de São Lourenço do Douro, Marco de Canaveses, antes há portugueses em cada geração de quase todas regiões na minha genealogia, alguns desde o início do século 16 no Brasil.

Ruderico
10-12-2019, 10:36 AM
A lista da patroa foi actualizada, como seria de esperar aparecem as ilhas, Lisboa e Aveiro perto (ou no) topo, como parece acontecer com a maioria. O "outlier" é de facto a região de origem dela, Castelo Branco.

Azores
Madeira
Castelo Branco District
Aveiro District
Lisbon
Coimbra District
Santarém District
Leiria District
Setubal
Braga

Endovelicus
10-12-2019, 11:15 AM
Os gajos viram o teu post ontem e apressaram-se a actualizar a lista. :lol:

Ela tem Castelo Branco logo em terceiro... quanto às restantes regiões (excluindo as ilhas) a patroa tem ligação real com alguma delas?

Ruderico
10-12-2019, 12:24 PM
Os gajos viram o teu post ontem e apressaram-se a actualizar a lista. :lol:

Ela tem Castelo Branco logo em terceiro... quanto às restantes regiões (excluindo as ilhas) a patroa tem ligação real com alguma delas?

Não, nada conhecido. Suponho que faria sentido os distritos contíguos aparecessem, mas só Coimbra, que nem está nada perto de Idanha..

Endovelicus
10-12-2019, 12:51 PM
Não, nada conhecido. Suponho que faria sentido os distritos contíguos aparecessem, mas só Coimbra, que nem está nada perto de Idanha..

yup, eu pensei que até colocassem Portalegre.

Ruderico
10-12-2019, 01:35 PM
yup, eu pensei que até colocassem Portalegre.

Também eu, até Extremadura em Espanha, já que ela tem matches de lá...mas não. O sistema regional para nós não presta

RCO
10-12-2019, 04:05 PM
No meu não apareceu nada da Espanha, como seria de esperar. No resultado de vocês consta alguma região da Espanha ?

Ruderico
10-12-2019, 06:55 PM
Não, acho que ninguém tem

Ruderico
10-13-2019, 04:43 AM
Quem tá fora do cluster sou eu... :suspicious:

As novas samples são de algum sitio ou são individuais?

O David disse que as amostras eram do estudo ada Córsega, pelo que percebi as nossas amostras são de institutos no Porto, portanto se não forem mesmo Portuenses devem pelo menos ser nortenhos. Há uns 3 ou 4 com os quais tenho boas distâncias, ao nível do Asturiano, e mais próximos que qualquer amostra Portuguesa anterior. Até faço cluster com eles. Os restantes estão longe para burro, chego a ter Franceses mais próximos, presumo que sejam os mais mediterrânicos dos ADMIXTURE do estudo

https://www.nature.com/articles/s41598-019-49901-8

Huntchback
10-14-2019, 06:23 AM
Endovelicus,

Penso que és match do meu pai no gedmatch. É um pouco distante mas existe.

Sérgio

Ruderico
10-14-2019, 12:36 PM
Endovelicus,

Penso que és match do meu pai no gedmatch. É um pouco distante mas existe.

Sérgio

Quantos cM no maior segmento?

Huntchback
10-14-2019, 01:52 PM
12.6 cm e 1,829 SNP's

Ruderico
10-14-2019, 02:00 PM
Nada mal, mas também não é nada do outro mundo. Não sei até que ponto segmentos desses não poderão ser apenas algo antigo, eu tenho matches maiores no 23andme com pessoas sem qualquer antepassado Português conhecido

Gil Vicente
10-14-2019, 08:44 PM
Há que dizer as coisas como elas são: o Félix regrediu como jogador. É uma banalidade agora.
E o João Mário nem percebo como é convocado, quanto mais titular num jogo destes...

Huntchback
10-15-2019, 07:09 AM
Endovelicus,

Tenho a minha genealogia feita até ao século XVII (alguns casos mais atrás). E esta correspondência poderia ser muito elucidativa relativamente à razão pela qual te aparece o distrito de Aveiro no 23andme. Mas se não tiveres a tua genealogia bem estudada não dá para tentar perceber.

Ruderico
10-15-2019, 08:19 AM
Endovelicus,

Tenho a minha genealogia feita até ao século XVII (alguns casos mais atrás). E esta correspondência poderia ser muito elucidativa relativamente à razão pela qual te aparece o distrito de Aveiro no 23andme. Mas se não tiveres a tua genealogia bem estudada não dá para tentar perceber.

Por outro lado seria apenas uma linha em quantas? Duvido que seja essa a razão, até porque todos nós temos Aveiro na lista

Huntchback
10-15-2019, 08:37 AM
Certo, é normal que haja dúvida, mas se não se tenta perceber não se saberá de certeza.

Eu tendo a valorizar bastante as linhas individuais. É a soma das individuais que dá o todo. Não que uma "fotografia" geral de uma árvore não seja também interessante. Acho que por muita resolução que se tenha nessa fotografia nunca se vai perceber nada de realmente importante. Por outro lado, as fotografias de pormenor vão dar para perceber muito, mas de linhas cada vez mais pequenas.

É como em tudo na vida: polivalência vs especialização.

Ruderico
10-15-2019, 08:48 AM
Sim, mas por outro lado o próprio 23andme diz especificamente que estes são os locais dos teus antepassados nos últimos 200 anos. Eu tenho a minha genealogia dos últimos 200 anos feita (a possível) e nada está em Aveiro, por exemplo. Passa-se o mesmo com Açores, Madeira, ou o que quer que não seja Viseu e Porto, no entanto eles dão 10 regiões

Huntchback
10-15-2019, 09:16 AM
Pois, eu não sei se o algoritmo deles está correcto ou não. Acredito que tenha falhas (até pela dificuldade monumental da tarefa).

Ainda por cima eu ainda não tenho lá nenhuma região assinalada. Quando tiver, eu digo alguma coisa.

Se precisares de ajuda na genealogia diz. Há várias fontes nos arquivos, não só os registos paroquiais.

Ruderico
10-15-2019, 09:28 AM
Pois, eu não sei se o algoritmo deles está correcto ou não. Acredito que tenha falhas (até pela dificuldade monumental da tarefa).

Ainda por cima eu ainda não tenho lá nenhuma região assinalada. Quando tiver, eu digo alguma coisa.

Se precisares de ajuda na genealogia diz. Há várias fontes nos arquivos, não só os registos paroquiais.

Por acaso se souberes como posso ver registos de Fontoura (São Miguel), Valença nos finais de 1600s agradecia muito, porque os registos paroquiais estão em má condição* e não estão disponíveis no tombo.pt. Dava-me jeito porque é a linha paterna e gostava de saber se sempre tem origem Galega ou não. Olhando para as matches do FTDNA este parece ser o caso, mas nem tudo o que parece é



*

Physical characteristics and technical requirements
Retirado à consulta devido ao mau estado de conservação. Para sua preservação o livro foi microfilmado e o acesso só é concedido por meio desse suporte.
Alternative form available
Rolo de Microfilme nº 226 (2ª). SGU 1387231.

Huntchback
10-15-2019, 12:15 PM
À primeira vista parece que te terias de te deslocar ao arquivo distrital de Viana e consultar o microfilme. Não há grandes hipóteses enquanto eles não disponibilizarem os livros online. Se não fores lá tens de te restringir às fontes secundárias (habilitações do sto ofício, ordenações sacerdotais, etc)

Ruderico
10-15-2019, 12:27 PM
À primeira vista parece que te terias de te deslocar ao arquivo distrital de Viana e consultar o microfilme. Não há grandes hipóteses enquanto eles não disponibilizarem os livros online. Se não fores lá tens de te restringir às fontes secundárias (habilitações do sto ofício, ordenações sacerdotais, etc)

É provavelmente para esquecer então, pelo menos até ir lá acima. Ele foi identificado como sendo pedreiro e morador num moinho (todos os meu antepassados dessa linha foram moleiros, ou viviam em moinhos) não devo arranjar nenhuma informação fora dos registos paroquiais

Endovelicus
10-15-2019, 01:37 PM
Endovelicus,

Tenho a minha genealogia feita até ao século XVII (alguns casos mais atrás). E esta correspondência poderia ser muito elucidativa relativamente à razão pela qual te aparece o distrito de Aveiro no 23andme. Mas se não tiveres a tua genealogia bem estudada não dá para tentar perceber.

Tenho a minha genealogia feita até à segunda década do século XX, quando nasceram os meus avós paternos, ambos provenientes do Alentejo. Anterior a esse período sei apenas sobre o meu bisavô materno, que nasceu em Pataias, Marinha Grande.

Excluindo Lisboa, Leiria e Beja, que são as regiões sobre as quais tenho certeza absoluta no que concerne à origem dos meus ancestrais mais próximos (até aos meus avós), não atribuo qualquer relevância às restantes.

Huntchback
10-15-2019, 01:44 PM
Pedreiro, naquela altura, não era "a base da pirâmide". Havia também distinção social dentro dessas classes. Por exeplo, ser oficial de pedreiro seria motivo de orgulho. Não esquecer também que um pedreiro era alguém que trabalhava a pedra e a profissão não tinha os mesmos contornos daquilo que é a profissão de pedreiro hoje em dia (embora também haja hoje em dia diferenças assinaláveis nessa classe).

Daquilo que eu estudei, ser moleiro também não era mau de todo. E quem tinha o/os moínhos da localidade era das pessoas mais importantes do sítio. Muitas vezes se encontram moínhos na posse de famílias de grande importância regional.

Eu só excluiría das ordenações alguém que fosse exposto (ou pedinte, etc) ou de uma família notoriamente de origem cristã-nova (embora também tenha havido muitos cristãos novos ordenados padres e até familiares do santo ofício).

Se falarmos de habilitações para o desembargo do paço ou para uma ordem militar/religiosa. Aí a conversa já é muito diferente. Só a elite é que entrava (embora também existam excepções em casos em que o próprio El-rei os dispensava de habilitações).

Para já não falar nas dezenas de padre que encontrei na minha família estendida, com origens sociais muito diversas e fluídas.

Parece que os nossos antepassados paternos, além de partilharem uma linha paterna rara, também tiveram a mesma profissão ;)

Outro pormenor, o meu antepassado mais distante paterno também era oficial de pedreiro e um neto habilitou-se para o Sto Oficio.

Huntchback
10-15-2019, 01:46 PM
Então não sei para que fazes testes genéticos

Huntchback
10-15-2019, 01:47 PM
Tenho a minha genealogia feita até à segunda década do século XX, quando nasceram os meus avós paternos, ambos provenientes do Alentejo. Anterior a esse período sei apenas sobre o meu bisavô materno, que nasceu em Pataias, Marinha Grande.

Excluindo Lisboa, Leiria e Beja, que são as regiões sobre as quais tenho certeza absoluta no que concerne à origem dos meus ancestrais mais próximos (até aos meus avós), não atribuo qualquer relevância às restantes.

Então não sei para que fazes testes genéticos

Ruderico
10-15-2019, 02:38 PM
Duvido que fosse oficial de pedreiro, não seria algo que seria registado pelos párocos nos registros de casamento e baptismo dos filhos, ao invés de apenas 'pedreiro' especialmente tendo em conta que ele morava num moinho?

Ele foi para uma pequena aldeia em Penalva do Castelo que está perdida no meio do nada, fui lá há umas semanas e o acesso ainda hoje é meio manhoso, imagino como não seria há 300 anos. Por outro lado é estranho ele ir de Valença para Penalva, não estão nada perto um do outro. A família ficou sempre naquelas bandas como moleiros, era comum casarem com filhas de moleiros para manterem os moinhos na família, mas ali estavam longe de ser ricos - pelo menos tinham sempre farinha para o pão e não passavam fome, o que à época já não era mau.

Quando estive lá há pouco tropecei num moinho que devia pertencer ao meu bisavô e/ou trisavô. Foi giro, ainda está lá a pedra onde se moía o grão

Huntchback
10-15-2019, 03:18 PM
Aquilo que descobriste já é muitíssimo interessante.

Daquilo que conheço os padres, na sua generalidade queriam ter o mínimo trabalho possível com os registos. Não era norma, especialmente antes de 1700, os padres escreverem as profissões nos assentos. Também já deves ter apanhado muitas situações onde eles apenas escreveram o nome de um dos noivos, ou a alcunha, ou escreverem "o genro do X", etc. No limite escreviam só o nome dos noivos. Claro que também havia padres muito minuciosos que dão informações importantíssimas para genealogias.

Além disso, o que nós hoje entendemos como um sítio que fica no meio do nada, pode não ter sido assim no passado. Vilarinho do Bairro, por exemplo, foi sede de concelho, pertencia à Coroa de Portugal, e hoje pouco mais é que um lugar. Mais para o interior, Idanha-a-Velha era um dos sítios mais importantes da península ibérica. Sede do bispado Egitanense. E hoje é uma aldeia.

A mobilidade regional era rara mas também existia. Tenho um exemplo de um avô materno, Pedro de Morais, que foi de Castelãos (Macedo de Cavaleiros) para uma pequena freguesia do concelho do Fundão. Além de todas as possíveis razões para se sair para longe da freguesia (perseguição religiosa, crimes, dívidas, etc) havia, suponho, também razões do foro laboral. Desde logo, criados de nobres senhoriais (um bom cargo) "eram postos no regime de mobilidade regional" e poderiam ir para onde quer que ele tivesse propriedades. Outros trabalhadores, com ofício mecânico, poderiam ir trabalhar para grandes propriedades (comendas, etc) de outras famílias nobres.

Eu tenho um antepassado que foi de uma terra perto de Penalva do Castelo para Anadia porque o tio foi para lá como padre.

Ruderico
10-15-2019, 03:27 PM
Eu sei, a família da minha namorada é de Idanha, mas ali na freguesia do Pindo (ou mesmo em Penalva) não tenho conhecimento de algum povoado que fosse relevante

Huntchback
10-15-2019, 03:55 PM
Souto de Vide nem sequer freguesia é:

DILIGÊNCIA DE HABILITAÇÃO PARA A ORDEM DE CRISTO DE ANTÓNIO FERNANDES SALGADO

https://digitarq.arquivos.pt/details?id=7676748

Endovelicus
10-15-2019, 05:45 PM
Então não sei para que fazes testes genéticos

A maioria das pessoas fazem uma pesquisa e estudo prévios da sua genealogia, e posteriormente partem para estes testes. Eu apenas estou a fazer o caminho inverso. O próximo objectivo passa por ampliar os conhecimentos que tenho da minha genealogia, tendo como alcance a ancestralidade anterior ao século XX.

Ruderico
10-15-2019, 06:34 PM
A maioria das pessoas fazem uma pesquisa e estudo prévios da sua genealogia, e posteriormente partem para estes testes. Eu apenas estou a fazer o caminho inverso. O próximo objectivo passa por ampliar os conhecimentos que tenho da minha genealogia, tendo como alcance a ancestralidade anterior ao século XX.

Eu também comecei assim. Estudar a nossa genealogia é giro mas dá trabalho e é preciso tempo e alguma tolerância à frustração porque às vezes é difícil descobrir pessoas

rxavierflima
10-15-2019, 08:08 PM
Como diz o Huntchback, os pedreiros não estavam na base da pirâmide. Abaixo deles estavam, por exemplo, os jornaleiros. E grande parte da população trabalhava à jorna nas terras dos lavradores.
Então os moleiros estavam longe de serem pobres. Os moleiros que encontrei nas minhas pesquisas eram pessoas de posses. A casa do meu pai (filho neto e bisneto de moleiros/lavradores) foi a primeira da freguesia a ter um rádio.

Ruderico
10-16-2019, 08:34 AM
Como diz o Huntchback, os pedreiros não estavam na base da pirâmide. Abaixo deles estavam, por exemplo, os jornaleiros. E grande parte da população trabalhava à jorna nas terras dos lavradores.
Então os moleiros estavam longe de serem pobres. Os moleiros que encontrei nas minhas pesquisas eram pessoas de posses. A casa do meu pai (filho neto e bisneto de moleiros/lavradores) foi a primeira da freguesia a ter um rádio.

Não sei como era há centenas de anos, mas as últimas gerações de moleiros ali na terra do meu pai eles não eram bem pessoas de posses, pelo menos não os da nossa família. O meu avô estava muito longe disso, apesar de ser mais carpinteiro que moleiro, tinha uns moinhos e ia picar as mós uma vez ou outra, mas essencialmente ele trabalhava a madeira.

Ali em Mangualde, pelo menos nas aldeias ali ao lado da nossa, os moleiros muitas vezes cobravam o serviço de moagem em partes da farinha produzida que mantinham para eles, em vez da cobrança ser monetária. Isso significava que, apesar de terem algumas terras, moinhos e farinha acabavam por não ter muito dinheiro. Por outro lado, em alturas de maior pobreza na região devido a más colheitas ou o que seja, os moleiros costumavam ter farinha para alimentar os pobres. Tinham algum status, porque não passavam fome e ajudavam quem precisava, mas não muito mais do que isso. Ainda hoje dizem que somos "dos moleiros" lá na aldeia


Edit: Uma curiosidade, tanto o pai como a mãe do meu avô paterno (no meu avatar) eram moleiros, e ambos tinham o apelido Rodrigues (o mais comum naquela freguesia entre os moleiros). Depois de explorar, tornou-se óbvio que ambos tinham a mesma linhagem, os seus avôs paternos eram irmãos. Não me espantaria se a maioria dos Rodrigues moleiros ali em Mangualde, ou até Penalva/etc, fossem da mesma linhagem paterna.
E por falar em moleiros Rodrigues: https://www.dn.pt/arquivo/2008/nao-faltam-encomendas-ao-ultimo-moleiro-do-rio-satao-997400.html
"O meu pai tinha os moinhos, pelo que segui as pisadas da família." - parece ser essencialmente a mesma história que da minha família

rxavierflima
10-16-2019, 08:31 PM
Não quis dizer que eram senhores ricos nem nada que se pareça. O meu pai lembra-se bem das noites dormidas ao frio no moinho e dos dias a puxar o macho pelas freguesias a distribuir farinha. Mas tendo em conta a situação dos outros, nao se podiam queixar.

Talvez no minho fosse diferente da tua zona. Os moleiros de que falei tinham um só moinho (de água) e eram também lavradores. Tinham propriedades de onde tiravam para alimentar a família e talvez também para vender.

RCO
10-17-2019, 12:32 AM
Nas genealogias brasileiras o movimento de portugueses pelo Atlântico, no Período Colonial e nas embarcações à vela, significava uma mudança social expressiva na maioria das vezes. Não dá para comparar a situação deles em Portugal e no Brasil, em termos de terras, dinheiros e poder. O que eu observo é que no Período Colonial a maioria dos que passavam para o Brasil do Minho possuíam redes sociais e políticas, a maioria deles eram alfabetizados e no Brasil subiam rapidamente nas ordenanças, câmaras municipais e se tornavam latifundiários escravistas e comerciantes. As sesmarias eram maiores do que as paróquias do Norte de Portugal de onde nasciam. Muitos morriam na aventura e não conseguiam o sucesso sonhado, mas descendemos dos que conseguiram e participavam das fronteiras de guerra e expansão do Império, claro que com um custo social de violência contra ameríndios e africanos muito elevado.

Ruderico
10-17-2019, 09:45 AM
Não quis dizer que eram senhores ricos nem nada que se pareça. O meu pai lembra-se bem das noites dormidas ao frio no moinho e dos dias a puxar o macho pelas freguesias a distribuir farinha. Mas tendo em conta a situação dos outros, nao se podiam queixar.

Talvez no minho fosse diferente da tua zona. Os moleiros de que falei tinham um só moinho (de água) e eram também lavradores. Tinham propriedades de onde tiravam para alimentar a família e talvez também para vender.

Se calhar era igual, mas podia depender de moleiro para moleiro, como em tudo na vida uns tinham mais, outros menos.

A minha família paterna tinha uma série de moinhos - ali na zona também são exclusivamente de água - e terras à beira dos rios/ribeiras, mas não sei até que ponto lavravam a terra. Sei que o meu avô detestava o trabalho do campo, e como os moinhos não lhe davam para grande coisa acabou por ir para carpintaria. Eles eram relativamente pobres, mas não se passava muita fome - era pior no lado da minha mãe. Os moinhos acabaram abandonados e esquecidos, aquele que eu tropecei está na zona dos terrenos do meu trisavô e bisavô (que supostamente foi morto lá) mas nunca tinha ido lá explorar no meio das silvas. A maior parte daqueles terrenos estão ao abandono, só do outro lado do rio (onde está um dolmen) é que são usados por um tipo qualquer. A moça lá tirou uma série de maçãs bravo esmolfe (ali são quase todas dessa variedade) que foram platandas e ficou com pena de não ter tirado mais :lol:

emc
10-17-2019, 11:15 AM
Nas genealogias brasileiras o movimento de portugueses pelo Atlântico, no Período Colonial e nas embarcações à vela, significava uma mudança social expressiva na maioria das vezes. Não dá para comparar a situação deles em Portugal e no Brasil, em termos de terras, dinheiros e poder. O que eu observo é que no Período Colonial a maioria dos que passavam para o Brasil do Minho possuíam redes sociais e políticas, a maioria deles eram alfabetizados e no Brasil subiam rapidamente nas ordenanças, câmaras municipais e se tornavam latifundiários escravistas e comerciantes. As sesmarias eram maiores do que as paróquias do Norte de Portugal de onde nasciam. Muitos morriam na aventura e não conseguiam o sucesso sonhado, mas descendemos dos que conseguiram e participavam das fronteiras de guerra e expansão do Império, claro que com um custo social de violência contra ameríndios e africanos muito elevado.

Às vezes me pego pensando nisso também. A família do meu avô materno deixou Portugal depois da independência, então chegaram aqui como imigrantes, não chegaram a ter escravos nem nada. Só que eram gente muito simples em Vila Real, jornaleiros, e depois de chegarem aqui conseguiram comprar terras e logo na segunda geração frequentavam a ópera em São Paulo. Duvido que tivessem passado por uma ascensão social tão grande se tivessem ficado em Portugal.

Endovelicus
10-24-2019, 09:27 PM
A rainha do Urubu :lol:

https://scontent.flis6-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/75442930_2318171551638638_5157365289876193280_n.jp g?_nc_cat=106&_nc_oc=AQlCBmLjV5Z2vxqKJDpl0HvCz5Q0xhpFwcGxu_cUp4g 0LACWEjtclZyqTId2djDjt3E&_nc_ht=scontent.flis6-1.fna&oh=a4c81cbde4a542739e82f9e742b2ba1d&oe=5E5F4A4A

Está imparável!

O Brasileirão já não escapa, veremos a Libertadores... a História diz-nos que JJ não se dá lá muito bem com finais. :lol:

Endovelicus
10-29-2019, 01:51 PM
Acabei de receber o K36 Ancestral Report.
Depois partilho com vocês os resultados (não sei se existe algum thread sobre o tema).

Ruderico
10-29-2019, 02:14 PM
Blergh

Endovelicus
10-29-2019, 03:54 PM
Blergh

:lol:

Lusitano
10-30-2019, 11:12 PM
https://i.postimg.cc/15QTSSMt/Opera-Instant-neo-2019-10-30-225825-you-23andme-com.png


Os meus resultados com a última actualização.

Ruderico
10-31-2019, 11:03 AM
Os meus resultados com a última actualização.

Como estão os resultados do teu pai? Não era ele que tinha uma tonelada de Italiano?

Endovelicus
10-31-2019, 12:46 PM
Agora o Lusitano está entre os users portugueses no AG com maior percentagem de Ibérico.

Ruderico, posso postar aqui os meus resultados do "Blergh" :lol:? Há poucos users portugueses que o fizeram, se calhar não vale a pena abrir um thread.

Ruderico
10-31-2019, 01:33 PM
Agora o Lusitano está entre os users portugueses no AG com maior percentagem de Ibérico.

Ruderico, posso postar aqui os meus resultados do "Blergh" :lol:? Há poucos users portugueses que o fizeram, se calhar não vale a pena abrir um thread.

Ele tem resultados phased, estranho seria se não tivesse valor alto.

Claro que podes, ou aqui ou o teu thread, como quiseres

Endovelicus
10-31-2019, 06:28 PM
K36 Ancestral Report (LM Genetics)

Eurogenes - K36 (https://anthrogenica.com/showthread.php?17976-Endovelicus-Resultados-do-23andMe-GEDmatch-Eurogenes-Admixture-Calculators&p=589063&viewfull=1#post589063)


Population admixture section


nMonte3 oracle

distance of your genome to references

1 Portugal_South 1.109104
2 Portugal_Lisboa 1.244417
3 Portugal_Norte 1.270465
4 ES_Galicia 1.314096
5 PT_Azores 1.323027
6 ES_Canarias 1.348930
7 IT_Piedmont 1.380458
8 FR_South 1.419842
9 FR_Provence 1.429082
10 FR_Central 1.429135


https://i.imgur.com/GTp3pao.png

https://i.imgur.com/Cn6DXN6.png
https://i.imgur.com/0vqh86v.png


Multivariate statistics section


CA (Correspondence Analysis plot)

https://i.imgur.com/uwjj0le.png


MDS plot (with minimum spanning tree)

https://i.imgur.com/h9tITlN.png


Similarity / Ancestry maps section


Correlation map

https://i.imgur.com/0Hnbf8r.png

Correlation values

1 Portugal_South 0,91165
2 Portugal_Lisboa 0,90039
3 Portugal_Norte 0,89609
4 ES_Galicia 0,8876
5 PT_Azores 0,87909
6 ES Principado de Asturias 0,87842
7 ES_Canarias0,87577
8 ES_Cataluna 0,87064
9 FR_South 0,86499
10 White_Cubans 0,85924
11 Portugal_Centro 0,85831
(...)
42 PT_Madeira 0,78379
(...)



Euclidean distances map

https://i.imgur.com/TB60hqk.png

Euclidean distances

1 Portugal_South 2,3448414
2 Portugal_Lisboa 2,6319946
3 Portugal_Norte 2,6537092
4 ES_Galicia 2,7744092
5 ES_Canarias2,8045421
6 PT_Azores 2,8226849
7 IT_Piemonte3,0431437
8 ES_Cataluna 3,0626508
9 FR_Central 3,077721
10 FR_South 3,0811071
(...)
17 Portugal_Centro 3,2459064
(...)
41 PT_Madeira 3,7616176
(...)

Ruderico
10-31-2019, 07:19 PM
Eu fiz o meu já há mais de un ano, se quiseres ver por curiosidade está aqui https://i.postimg.cc/KGhrCVy4/Bez-nazwy-23.png

Um pouco bizarro, tenho melhores correlações con La Rioja que tu tens com Portugal (0.93), mas pronto é o que é

Amarelo
10-31-2019, 07:29 PM
[QUOTE=Endovelicus;615510]K36 Ancestral Report (LM Genetics)

Eurogenes - K36 (https://anthrogenica.com/showthread.php?17976-Endovelicus-Resultados-do-23andMe-GEDmatch-Eurogenes-Admixture-Calculators&p=589063&viewfull=1#post589063)



E tens mais relação com o Portugal do sul mesmo?

Achei curiosa a amostra da madeira dele, um tanto exagerada na áfrica possívelmente. A fração brasileira minha e da minha mãe saiu como madeirense devido a porcentagem negra. Eu dúvido que madeirenses tenham os mesmos 9% negro da minha mãe ou os 5% meus. Comuniquei o fato ao sujeito que prontamente o ignorou :lol:

Ruderico
10-31-2019, 07:32 PM
Achei curiosa a amostra da madeira dele, um tanto exagerada na áfrica possívelmente. A fração brasileira minha e da minha mãe saiu como madeirense devido a porcentagem negra. Eu dúvido que madeirenses tenham os mesmos 9% negro da minha mãe ou os 5% meus. Comuniquei o fato ao sujeito que prontamente o ignorou :lol:

Também não há muito que ele possa fazer, o K36 tem os seus problemas devido ao grande número de dimensões, daí que eu não goste dele :)

Pior mesmo é a análise por cromossoma. Essa então já é charlatanice

Endovelicus
10-31-2019, 07:58 PM
E tens mais relação com o Portugal do sul mesmo?


Toda a família paterna é do sul.

Amarelo
10-31-2019, 08:06 PM
Toda a família paterna é do sul.


Legal, agora passo a me assustar com a itália do pai, o piemonte apareceu em primeiro lugar pra ele :lol: :lol:

Amarelo
11-02-2019, 06:43 PM
Mapas euclideanos (pela melhor visualização) dos reports do meu pai, minha mãe e o meu.


34334

34335

34336

Endovelicus
11-03-2019, 10:39 PM
Visualmente o mapa do seu pai é parecido com o meu, apenas uma maior semelhança às populações norte italianas e francesas do que eu.

konian lusitanum
11-04-2019, 11:51 AM
esses gajos do 23 e me perece que copian todos os testes , conparando teus tests e meu nao o vejo muito diferente ate parece que somos da mesma familia , e tudo muito estranho

Ruderico
11-04-2019, 12:23 PM
Não de todo, já vi bastante variedade.

Endovelicus
11-04-2019, 01:31 PM
Legal, agora passo a me assustar com a itália do pai, o piemonte apareceu em primeiro lugar pra ele :lol: :lol:

Você tem algum conhecimento da genealogia do seu pai? Por exemplo, sabe se seus avós paternos são descendentes de imigrantes italianos?

Amarelo
11-04-2019, 05:23 PM
Você tem algum conhecimento da genealogia do seu pai? Por exemplo, sabe se seus avós paternos são descendentes de imigrantes italianos?

A mãe dele é madeirense, filha de madeirenses. O pai dele brasileiro de genealogia de sobrenomes lusos somente. A única possibilidade plausível seria de o meu avô ser Filho de mãe meio italiana, no caso do sobrenome que nos consta(Gonzaga Peixoto) ser somente paterno. Acho difícil. Antes de fazer os exames deles, imaginava que o meu italian alto seria pela minha mãe, jamais pelo meu pai. Acho que é apenas coincidência na verdade, no K 15 4 ancestors oracle meu pai sai primeiro como 4x português, segundo como 3x português + 1 italiano do norte.

passenger
11-04-2019, 11:15 PM
A mãe dele é madeirense, filha de madeirenses. O pai dele brasileiro de genealogia de sobrenomes lusos somente. A única possibilidade plausível seria de o meu avô ser Filho de mãe meio italiana, no caso do sobrenome que nos consta(Gonzaga Peixoto) ser somente paterno. Acho difícil. Antes de fazer os exames deles, imaginava que o meu italian alto seria pela minha mãe, jamais pelo meu pai. Acho que é apenas coincidência na verdade, no K 15 4 ancestors oracle meu pai sai primeiro como 4x português, segundo como 3x português + 1 italiano do norte.

Não haveria algum impacto de imigrantes italianos (genoveses, florentinos e venezianos), e também de imigrantes franceses, na etnogénese dos madeirenses?

Gil Vicente
11-05-2019, 12:01 AM
Então depois de eu fazer o k36 report, acrescentam samples portuguesas....


https://www.youtube.com/watch?v=au35_w7_LMQ

Amarelo
11-05-2019, 12:28 AM
Não haveria algum impacto de imigrantes italianos (genoveses, florentinos e venezianos), e também de imigrantes franceses, na etnogénese dos madeirenses?

Essa pergunta era exatamente a que eu me fazia, e que passei a me fazer ainda mais depois de testar o meu pai!
Sendo local de colonização mais recente, efetuada no ápice do mercantilismo, é possível.. não é o que indica o plotting no entanto, se verificares outras regiões de Portugal estão mais próximas da Itália do que a madeira, mas realmente não sei se da pra confiar cegamente em tudo neste report, o plotting tem umas coisas meio esquisitas.

Como eu disse, essa madeira do report parece estar africanizada ao extremo, já que eu e minha mãe ficamos mais orientados a ilha do que o meu pai, certamente o mais madeirense dos 3. Penso que com uma boa dose de amostras da madeira no G25 conseguiríamos verificar essa tese. Pretendo testar a minha avó assim que po$$ivel.

Amarelo
11-05-2019, 12:33 AM
Então depois de eu fazer o k36 report, acrescentam samples portuguesas....


https://www.youtube.com/watch?v=au35_w7_LMQ

:lol: :lol: deve haver um desconto para marinheiros de segunda viagem

Endovelicus
11-05-2019, 09:30 PM
Então depois de eu fazer o k36 report, acrescentam samples portuguesas....


https://www.youtube.com/watch?v=au35_w7_LMQ

:rofl:

Excluindo o meu valor anormalmente alto de French, os teus resultados do K36 são semelhantes aos meus. Se pedisses um novo report (com estas novas samples portuguesas) este não deveria ser muito diferente do meu.

Ruderico
11-06-2019, 10:32 AM
No outro dia vi um K36 semelhante ao meu, mas era de um Asturiano lol

tatals
11-06-2019, 12:18 PM
No outro dia vi um K36 semelhante ao meu, mas era de um Asturiano lol

Vou me intrometer um pouquinho aqui na conversa de vocês para perguntar: Ruderico, se importaria de me dizer por que não aprova o K36? Você acha as outras calculadoras (K13, K15) melhores?

Ruderico
11-06-2019, 12:29 PM
Vou me intrometer um pouquinho aqui na conversa de vocês para perguntar: Ruderico, se importaria de me dizer por que não aprova o K36? Você acha as outras calculadoras (K13, K15) melhores?

Porque tem dimensões a mais, e foi feito com referências (e variação genética) insuficiente. A consequência é que o teste acaba por ser muito ruidoso e menos preciso que outros feitos com um menor número de dimensões. Até o G25 tem algum ruído, e foi feito só com 25 dimensões e muitíssimas mais referências. Não há razão para dar mais importância ao K36 do que ao K13 ou K15

https://en.wikipedia.org/wiki/Curse_of_dimensionality
"Cursed phenomena occur in domains such as numerical analysis, sampling, combinatorics, machine learning, data mining and databases. The common theme of these problems is that when the dimensionality increases, the volume of the space increases so fast that the available data become sparse. This sparsity is problematic for any method that requires statistical significance. In order to obtain a statistically sound and reliable result, the amount of data needed to support the result often grows exponentially with the dimensionality."

O K36 também usa menos SNPs do que o K13/K15, o que piora ainda mais a qualidade da análise. Aplicar esta análise a tão poucos SNPs como têm os cromossomas e o LM faz é quase cómico. Só deixa de ter piada porque há quem pague para isso.

Amarelo
11-06-2019, 02:44 PM
Porque tem dimensões a mais, e foi feito com referências (e variação genética) insuficiente. A consequência é que o teste acaba por ser muito ruidoso e menos preciso que outros feitos com um menor número de dimensões. Até o G25 tem algum ruído, e foi feito só com 25 dimensões e muitíssimas mais referências. Não há razão para dar mais importância ao K36 do que ao K13 ou K15

https://en.wikipedia.org/wiki/Curse_of_dimensionality
"Cursed phenomena occur in domains such as numerical analysis, sampling, combinatorics, machine learning, data mining and databases. The common theme of these problems is that when the dimensionality increases, the volume of the space increases so fast that the available data become sparse. This sparsity is problematic for any method that requires statistical significance. In order to obtain a statistically sound and reliable result, the amount of data needed to support the result often grows exponentially with the dimensionality."

O K36 também usa menos SNPs do que o K13/K15, o que piora ainda mais a qualidade da análise. Aplicar esta análise a tão poucos SNPs como têm os cromossomas e o LM faz é quase cómico. Só deixa de ter piada porque há quem pague para isso.


Concordo, em partes. Quanto aos SNPs, o K13 e o K15 pro meu exame do myheritage correram cerca de 78.000 SNP's, o K36 72.000. Há diferença, mas ao meu leigo ver é pequena.

Quanto à multiplicidade de fatores vejo como característica tanto boa quanto ruim. Ruim porque lhe falta exatidão, fatores se repetem e substituem, por exemplo (talvez)Basque-Iberian-Italian-(talvez)French; Eastern Euro-East Central Euro; etc são fatores que provavelmente sejam essencialmente parecidos, portanto desnecessária toda essa subdivisão. Como alguém pode por exemplo ter o North Sea elevadíssimo, e o North atlantic 0? O Basque alto e o Iberian baixo? Coisas do tipo..

No entanto enxergo vantagem nesta sistemática para as pessoas mestiças, esta alta subdivisão é o melhor caminho para se demonstrar possíveis influencias desconhecidas ou distantes. No K13 e 15 diferentes populações acabam sendo distanciadas entre-si por pequeninos bocados de North Sea, West-Med, etc. É um sistema com pouco espaço para que vinguem pequenos sinais de diferenciação.

Em poucas palavras,para mim, o K15 e o K13 são sim melhores, mas talvez não se se tem dúvida da origem de um ou otro dos teus bisavós por exemplo. Estou bastante ansioso para conhecer o G25, pode ser que conjugue o melhor destes 2 mundos.

Ruderico
11-06-2019, 02:51 PM
O problema é que não podes confiar muito nos valores em si, acabas por ter demasiada variedade em cada componente porque o espaço em si não foi bem definido. É por isso que o Endovelicus tem quase 14% French e eu só tenho 4%, apesar de sermos ambos Portugueses. Isto não quer dizer que todos os Portugueses tenham de ter resultados iguais, mas há indícios claros de que o K36 exagera diferenças devido a ruído. Daí que eu nunca me preocupe muito com ele

Amarelo
11-06-2019, 03:07 PM
O problema é que não podes confiar muito nos valores em si, acabas por ter demasiada variedade em cada componente porque o espaço em si não foi bem definido. É por isso que o Endovelicus tem quase 14% French e eu só tenho 4%, apesar de sermos ambos Portugueses. Isto não quer dizer que todos os Portugueses tenham de ter resultados iguais, mas há indícios claros de que o K36 exagera diferenças devido a ruído. Daí que eu nunca me preocupe muito com ele

Sim sim, eu cheguei a conversar com o Endovelicus sobre isto; se o report dele apontasse qualquer coisa de Francês ali entre os 5 primeiros, seria a prova da falência total da sistemática do LM. Apesar do tal French alto os resultados parecem ter sido fiéis. Inclusive pelo que me recordo de um ótimo post teu, teus resultados para o K36 seguiram a mesma tendência do k15 e k13 de te apontar para o interior setentrional da península, portanto estão todos meio que no "mesmo barco". Aliás, coma spereadsheet básica do G25 , estes resultados seguiram tendo esta mesma orientação??

Ruderico
11-06-2019, 03:19 PM
Sim sim, eu cheguei a conversar com o Endovelicus sobre isto; se o report dele apontasse qualquer coisa de Francês ali entre os 5 primeiros, seria a prova da falência total da sistemática do LM. Apesar do tal French alto os resultados parecem ter sido fiéis. Inclusive pelo que me recordo de um ótimo post teu, teus resultados para o K36 seguiram a mesma tendência do k15 e k13 de te apontar para o interior setentrional da península, portanto estão todos meio que no "mesmo barco". Aliás, coma spereadsheet básica do G25 , estes resultados seguiram tendo esta mesma orientação??

As referências regionais mais próximas do meu (G25) são:

[1] "1. CLOSEST SINGLE ITEM DISTANCE%"
Spanish_Castilla_Y_Leon Spanish_Asturias
1.357091 1.580823
Spanish_Aragon Spanish_Castilla_La_Mancha
1.705988 1.712881
Spanish_Terres_de_l'Ebre Spanish_Andalucia
1.760547 1.819717
Spanish_Valencia Spanish_Barcelones
1.835883 1.896921
Um modelo usando todas as referências regionais Ibéricas dá-me:

[1] "distance%=1.2135"

Ruderico

Spanish_Castilla_Y_Leon,61.8
Spanish_Asturias,36.4
Spanish_Pais_Vasco,1.8
Mas o problema é que no G25 cada referência regional tem poucas amostras, ainda que o PCA em si seja bom. Daí que eu queira mas Espanhóis que façam o teste.


No K36 não faço ideia, mas também te digo que não confio na diferença tão específica que o LM faz. Para Portugal, olhando para vários resultados de várias fontes (inclusive de um estudo com amostras de Lisboa e Porto), esta diferença entre Norte/Centro/Sul que ele indica parece-me mais um produto de aleatoriedade da variação pessoal do que regional. Ainda por cima considerando todo o ruído por trás do K36

Amarelo
11-06-2019, 03:39 PM
As referências regionais mais próximas do meu (G25) são:

[1] "1. CLOSEST SINGLE ITEM DISTANCE%"
Spanish_Castilla_Y_Leon Spanish_Asturias
1.357091 1.580823
Spanish_Aragon Spanish_Castilla_La_Mancha
1.705988 1.712881
Spanish_Terres_de_l'Ebre Spanish_Andalucia
1.760547 1.819717
Spanish_Valencia Spanish_Barcelones
1.835883 1.896921
Um modelo usando todas as referências regionais Ibéricas dá-me:

[1] "distance%=1.2135"

Ruderico

Spanish_Castilla_Y_Leon,61.8
Spanish_Asturias,36.4
Spanish_Pais_Vasco,1.8
Mas o problema é que no G25 cada referência regional tem poucas amostras, ainda que o PCA em si seja bom. Daí que eu queira mas Espanhóis que façam o teste.


Pra mim a tua antiga tese do isolamento geográfico, isolamento litorâneo principalmente, parece ser o mais aplicável aos teus sucessivos resultados espanhóis. Segues com ela??

Ruderico
11-06-2019, 03:57 PM
Pra mim a tua antiga tese do isolamento geográfico, isolamento litorâneo principalmente, parece ser o mais aplicável aos teus sucessivos resultados espanhóis. Segues com ela??

Acho que é possível mas não tenho qualquer prova. Era necessário termos várias amostras Portuguesas de zonas relativamente isoladas, em especial regiões mais serranas, para ver melhor se a tendência é a mesma ou não. É perfeitamente possível que o meu resultado menos comum seja apenas aleatório, acho que até é a tese mais sólida. Pelo que vejo por exemplo no 23andme parece que pessoas das mesmas zonas (distritos) podem ter resultados relativamente distinctos. Isso para mim é sinal de variação pessoal mais do que regional

Edit: dois matches com origens muito próximas das minhas:
https://i.postimg.cc/j2ygprqz/match1.png
https://i.postimg.cc/hK8R3Rdf/match2.png


Edit2: mesma coisa mas da minha namorada (a match deve ter antepassado distante Sefradita). Repara na diferença de Spanish&Portuguese de ambas
https://i.postimg.cc/t4d1YvJ2/match3.png

Amarelo
11-06-2019, 05:28 PM
É verdade. A aleatoriedade da combinação é algo que deve ser levado em conta e que de certa forma inviabiliza bastante, até o presente momento, a confiabilidade total dos resultados autossômicos. Por exemplo, no K15 meu Atlantico supera o dos meus velhos. No K 36 então meu North Sea é consideravelmente mais alto que o deles. Numa relação de pai-filho as alterações realmente não são tão grandes, mas a longo prazo devem ter um efeito bastante pronunciado.

Endovelicus
11-07-2019, 11:43 PM
quão pujantes estão os dois grandes portugueses na Europa...#sqn

valeu-nos o braga e, curiosamente, o sporting.

Caius Agrippa
11-17-2019, 10:59 PM
Também vou me intrometer na conversa com uma questão..

Do que sei de minha genealogia sou mais português e espanhol do que italiano, mas todas essas calculadoras, com exceção da do MyHeritage (que subestima meu italiano), me dão mais italiano do que português como principal ancestralidade.

No Tolan Recent Ancestors tenho algo como 56% Norte da Itália, 25% Portuga/Ibérial, 10% SSA, 7% Sul da Itália e o resto dividido entre uma cacetada de populações europeias. Os oráculos do N_Monte sempre me colocam primeiro como ''North Italian'', geralmente acima de 30 ou 40% e dividem meu ibérico entre milhões de populações com valores baixos por volta de 3% ou 4%.

É normal portugueses e espanhóis com tamanha afinidade genética com italianos ou esse desvio é fruto da mistura entre os dois ou mesmo pela influência dos 8%/10% de SSA?

emc
11-18-2019, 12:03 AM
Também vou me intrometer na conversa com uma questão..

Do que sei de minha genealogia sou mais português e espanhol do que italiano, mas todas essas calculadoras, com exceção da do MyHeritage (que subestima meu italiano), me dão mais italiano do que português como principal ancestralidade.

No Tolan Recent Ancestors tenho algo como 56% Norte da Itália, 25% Portuga/Ibérial, 10% SSA, 7% Sul da Itália e o resto dividido entre uma cacetada de populações europeias. Os oráculos do N_Monte sempre me colocam primeiro como ''North Italian'', geralmente acima de 30 ou 40% e dividem meu ibérico entre milhões de populações com valores baixos por volta de 3% ou 4%.

É normal portugueses e espanhóis com tamanha afinidade genética com italianos ou esse desvio é fruto da mistura entre os dois ou mesmo pela influência dos 8%/10% de SSA?

Não entendo o bastante do assunto para fazer conjecturas, mas posso citar exemplos da minha família. Minha avó que tem os 4 avós nascidos na Itália tem 15% de Iberian no FTDNA e 41%(!) no MyHeritage.

Caius Agrippa
11-18-2019, 01:12 AM
Não entendo o bastante do assunto para fazer conjecturas, mas posso citar exemplos da minha família. Minha avó que tem os 4 avós nascidos na Itália tem 15% de Iberian no FTDNA e 41%(!) no MyHeritage.

Poderia o DNA ibérico e norte-italiano ser extremamente semelhante a ponto de ser indistinguível? Ainda não consigo entender também o bendito 'south italian' destas calculadoras, aparece em quase todas.
Parece que vou ter de avançar mais na genealogia documental.

Ruderico
11-18-2019, 10:28 AM
Também vou me intrometer na conversa com uma questão..

Do que sei de minha genealogia sou mais português e espanhol do que italiano, mas todas essas calculadoras, com exceção da do MyHeritage (que subestima meu italiano), me dão mais italiano do que português como principal ancestralidade.

No Tolan Recent Ancestors tenho algo como 56% Norte da Itália, 25% Portuga/Ibérial, 10% SSA, 7% Sul da Itália e o resto dividido entre uma cacetada de populações europeias. Os oráculos do N_Monte sempre me colocam primeiro como ''North Italian'', geralmente acima de 30 ou 40% e dividem meu ibérico entre milhões de populações com valores baixos por volta de 3% ou 4%.

É normal portugueses e espanhóis com tamanha afinidade genética com italianos ou esse desvio é fruto da mistura entre os dois ou mesmo pela influência dos 8%/10% de SSA?

Quais calculadores? O teste do Tolan, ele que me desculpe, mas não vale grande coisa. Tenta fazer muito com pouco, é uma versão ainda pior do K36 do David

Caius Agrippa
11-18-2019, 11:26 AM
Quais calculadores? O teste do Tolan, ele que me desculpe, mas não vale grande coisa. Tenta fazer muito com pouco, é uma versão ainda pior do K36 do David

Não só o teste do Tolan, o GEDmatch sempre me coloca North Italian como primeira população no K15 e K13 (no MDLP K16 as primeiras são suíços, provençais e italianos do friuli), o oráculo do N_monte 3 no yourdnaportal me modela com quantidades desproporcionais de italiano e ibérico, sempre acima de 30%-40% norte italiano e menos de 20% ibérico no population value, living DNA me deu 50% italiano e 28% de iberian peninsula + grã-bretanha.

Não é muito coerente com minha genealogia documental. Pelo que sei, tenho dois bisavós com raízes italianas confirmadas no norte de Itália e uma terceira bisavó possivelmente italiana ou parte italiana. Os outros 5 são 4 brasileiros coloniais de sangue predominantemente português e um filho de espanhol com portuguesa. Mas não conheço muito destes bisavós coloniais, não sei quando imigraram, de onde vieram suas famílias e coisas do tipo, até agora só consegui informação genealógica pertinente sobre os italianos e o hispano-lusitano.

Comecei a me interessar por tais coisas agora e esse site pode vir a me ajudar muito nisto. Como a maioria dos meus bisavós/trisavós coloniais eram ''brancos'', julgo que não será difícil descobrir suas histórias.

Ruderico
11-18-2019, 11:35 AM
É mais fácil mostrares os resultados do K13 e K15, bem como os Oracles. Mas sim, existe semelhança entre Portugal/Espanha e o norte de Itália.

Caius Agrippa
11-18-2019, 12:02 PM
É mais fácil mostrares os resultados do K13 e K15, bem como os Oracles. Mas sim, existe semelhança entre Portugal/Espanha e o norte de Itália.

Esses são os resultados do K13:

Admix Results (sorted):

# Population Percent
1 North_Atlantic 29.38
2 West_Med 21.14
3 East_Med 17.39
4 Sub-Saharan 12.18
5 Baltic 8.64
6 West_Asian 3.62
7 Amerindian 3.22
8 Northeast_African 2.57
9 East_Asian 1.86


Finished reading population data. 204 populations found.
13 components mode.

--------------------------------

Least-squares method.

Single Population Sharing:

1 North_Italian @ 15.077599
2 Portuguese @ 16.507412
3 Spanish_Extremadura @ 16.637007
4 Tuscan @ 16.644640
5 Spanish_Murcia @ 17.304419
6 Spanish_Galicia @ 17.666300
7 Spanish_Andalucia @ 17.936901
8 Spanish_Valencia @ 18.223028
9 Spanish_Castilla_Y_Leon @ 18.363684
10 Spanish_Cataluna @ 18.582010
11 Spanish_Castilla_La_Mancha @ 19.496990
12 West_Sicilian @ 20.425232
13 Spanish_Cantabria @ 20.834003
14 Italian_Abruzzo @ 21.734865
15 Greek_Thessaly @ 21.820395
16 French @ 21.888559
17 Spanish_Aragon @ 22.061232
18 Romanian @ 22.794399
19 Southwest_French @ 22.955803
20 Bulgarian @ 23.359123


Mixed Mode Population Sharing:

# Primary Population (source) Secondary Population (source) Distance
1 85.6% North_Italian + 14.4% Bantu_S.E. @ 5.66
2 85.8% North_Italian + 14.2% Bantu_S.W. @ 5.69
3 85% North_Italian + 15% Biaka_Pygmy @ 5.72
4 86.2% North_Italian + 13.8% Mandenka @ 5.94
5 84.4% North_Italian + 15.6% Luhya @ 5.98
6 84.2% North_Italian + 15.8% Bantu_N.E. @ 5.98
7 87.1% North_Italian + 12.9% Yoruban @ 6.14
8 84.2% North_Italian + 15.8% Mbuti_Pygmy @ 6.66
9 82.9% Spanish_Valencia + 17.1% Bantu_N.E. @ 7.6
10 85.2% Spanish_Murcia + 14.8% Bantu_S.E. @ 7.62
11 85.4% Spanish_Murcia + 14.6% Bantu_S.W. @ 7.64
12 83.8% Spanish_Valencia + 16.2% Biaka_Pygmy @ 7.67
13 83.1% Spanish_Valencia + 16.9% Luhya @ 7.7
14 84.6% Spanish_Murcia + 15.4% Biaka_Pygmy @ 7.71
15 85.8% Portuguese + 14.2% Bantu_S.E. @ 7.75
16 84% North_Italian + 16% San @ 7.75
17 85.8% Spanish_Murcia + 14.2% Mandenka @ 7.75
18 86% Portuguese + 14% Bantu_S.W. @ 7.75
19 84.5% Spanish_Valencia + 15.5% Bantu_S.E. @ 7.76
20 86.4% Portuguese + 13.6% Mandenka @ 7.82


O oracle pareceu-me coerente, só não entendo porque North_Italian como primeira população e não Portuguese, mas a parte espanhola é coerente, meu bisavô espanhol era de Múrcia.

E por que diabos meu subsaariano aumenta consideravelmente no GEDmatch? De 8-9% para 12.18%, o MyHeritage me deu 9.5% e o Living.Dna 8.1%. O ameríndio aumenta um pouco também, de 2.5% para 3%, mas nada que seja tão radical, provavelmente fruto de ruído.
O aumento seria devido a ''ruídos'' que geralmente aparecem até para europeus 100%? Parece-me que a única forma de ter uma certeza maior sobre minhas porcentagens será o Global 25.

Acabei de recriar uma conta no gedmatch apenas para postar aqui, tinha a abandonado, não se mostrou muito útil..

Ruderico
11-18-2019, 12:14 PM
Primeiro tens de saber que o Gedmatch e os testes comerciais usam métodos diferentes. Parte desse SSA e NEAfr que vês no K13 vem do norte Africano Português/Espanhol, mas este teste não consegue distinguir isso. Por outro lado tens um East Med alto (por exemplo eu tenho só 12% no K13) o que te torna mais próximo de Itália, mas tens Portugal muito próximo.

tatals
11-18-2019, 12:25 PM
De fato, teu East Med é mais alto até do que o meu, que fica em 15%.

Caius Agrippa
11-18-2019, 12:49 PM
Esse East Med e as constantes presenças de Mediterranean Islander e Middle Eastern/West Asian em vários calculadores anda me levando a pensar que minha bisavó de origem italiana desconhecida poderia ser do sul ou centro de Itália. Procurei resultados de italianos das regiões que vieram os avós de meu avô paterno e a maioria deles tinham east med bem baixo, costumeiramente abaixo dos 15% e até por volta de 10%. O que faz sentido considerando Trento e Friuli como próximos à Europa Central.

Também tenho os resultados de uma match americana de DNA via MyHeritage/GEDmatch que é filha de um primo de primeiro grau do meu avô que também era 100% friulano/trentino. O East Med dela é de apenas 11%.

Admix Results (sorted):

# Population Percent
1 North_Atlantic 37.56
2 Baltic 21.69
3 West_Med 15.68
4 East_Med 11.7
5 West_Asian 9.39
6 Red_Sea 1.57
7 Sub-Saharan 0.8
8 East_Asian 0.71
9 Amerindian 0.58
10 Siberian 0.32

Single Population Sharing:

# Population (source) Distance
1 West_German 6.28
2 South_Dutch 7.85
3 French 8.01
4 Austrian 8.24
5 Hungarian 10.61
6 East_German 10.89
7 Serbian 10.99
8 North_German 12.88
9 Romanian 13.13
10 Southeast_English 13.6
11 Spanish_Cataluna 14.08
12 Portuguese 14.34
13 Spanish_Galicia 14.67
14 Danish 14.89
15 North_Dutch 14.97
16 Southwest_English 15.28
17 Spanish_Castilla_Y_Leon 15.32
18 Orcadian 15.35
19 North_Italian 15.38
20 Moldavian 15.66

A mãe provavelmente era americana de origens no norte da Europa.

Talvez a melhor resposta para isso seja avançar na genealogia documental e testar meus avós ou tio-avós.

Amarelo
11-18-2019, 12:53 PM
Também vou me intrometer na conversa com uma questão....

As melhores calculadoras para brasileiros com o mínimo de miscigenação indígena ou africana (acima de 5%) são aquelas do gedmatch que possuem dados dos brasileiros, ainda que defasadas, dodecad world 9 e puntdnal k 15 são as melhores calculadoras para pessoas como nós.

Quanto ao erro nos K15 e k 13 imagino que, apesar da semelhança grande entre norte itálicos e ibéricos, seja sim fruto da porcentagem de influências externas. Se reparares eles possuem amostras somente de europeus e africanos, o calculador não "sabe" lidar bem com o meio termo como no teu caso exatamente pela falta de amostras latino americanas.

Da uma olhada no 4-oracle dessas 2 calculadoras que mandei, em alguma delas deve estar listada de forma mais fiel a tua mistura.

RCO
11-18-2019, 01:01 PM
Outro fator de diferença entre portugueses e norte italianos no k13 é o "West Asia". Os italianos têm índices muito maiores. O meu ficou - West_Asian 0.84

Ruderico
11-18-2019, 01:04 PM
Esse East Med e as constantes presenças de Mediterranean Islander e Middle Eastern/West Asian em vários calculadores anda me levando a pensar que minha bisavó de origem italiana desconhecida poderia ser do sul ou centro de Itália. Procurei resultados de italianos das regiões que vieram os avós de meu avô paterno e a maioria deles tinham east med bem baixo, costumeiramente abaixo dos 15% e até por volta de 10%. O que faz sentido considerando Trento e Friuli como próximos à Europa Central.

Também tenho os resultados de uma match americana de DNA via MyHeritage/GEDmatch que é filha de um primo de primeiro grau do meu avô que também era 100% friulano/trentino. O East Med dela é de apenas 11%.

Admix Results (sorted):

# Population Percent
1 North_Atlantic 37.56
2 Baltic 21.69
3 West_Med 15.68
4 East_Med 11.7
5 West_Asian 9.39
6 Red_Sea 1.57
7 Sub-Saharan 0.8
8 East_Asian 0.71
9 Amerindian 0.58
10 Siberian 0.32

Single Population Sharing:

# Population (source) Distance
1 West_German 6.28
2 South_Dutch 7.85
3 French 8.01
4 Austrian 8.24
5 Hungarian 10.61
6 East_German 10.89
7 Serbian 10.99
8 North_German 12.88
9 Romanian 13.13
10 Southeast_English 13.6
11 Spanish_Cataluna 14.08
12 Portuguese 14.34
13 Spanish_Galicia 14.67
14 Danish 14.89
15 North_Dutch 14.97
16 Southwest_English 15.28
17 Spanish_Castilla_Y_Leon 15.32
18 Orcadian 15.35
19 North_Italian 15.38
20 Moldavian 15.66

A mãe provavelmente era americana de origens no norte da Europa.

Talvez a melhor resposta para isso seja avançar na genealogia documental e testar meus avós ou tio-avós.

Esses valores de Atlantic e Baltic são muito altos para qualquer Italiano, até porque North-Italian (Bergamo, Lombardia) aparece só em 19º e a diferença não é assim tão grande entre a Lombaria e Friuli, apesar de não serem iguais.
Eu diria que é possível que a tua bisavó fosse mesmo do sul de Itália, olhando para os resultados, mas isto é muito preliminar. A melhor forma de saber essas coisas é avaliando os matches que tens e vendo se tens alguns Italianos na lista.



Outro fator de diferença entre portugueses e norte italianos no k13 é o "West Asia". Os italianos têm índices muito maiores. O meu ficou - West_Asian 0.84

Varia muito, há Portugueses com valores altos mas que em compensação têm valores mais baixos de East Med e/ou Red Sea

Caius Agrippa
11-18-2019, 01:31 PM
As melhores calculadoras para brasileiros com o mínimo de miscigenação indígena ou africana (acima de 5%) são aquelas do gedmatch que possuem dados dos brasileiros, ainda que defasadas, dodecad world 9 e puntdnal k 15 são as melhores calculadoras para pessoas como nós.

Quanto ao erro nos K15 e k 13 imagino que, apesar da semelhança grande entre norte itálicos e ibéricos, seja sim fruto da porcentagem de influências externas. Se reparares eles possuem amostras somente de europeus e africanos, o calculador não "sabe" lidar bem com o meio termo como no teu caso exatamente pela falta de amostras latino americanas.

Da uma olhada no 4-oracle dessas 2 calculadoras que mandei, em alguma delas deve estar listada de forma mais fiel a tua mistura.

puntDNAL K15

Using 3 populations approximation:
1 50% Brazilian +25% Greek_Thessaly +25% Dominican @ 4.663869


Using 4 populations approximation:
++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++ +++++++++++++++++++++++++
1 South_German + Brazilian + Dominican + Sephardic_Jew @ 4.291049
2 Utahn_White + Brazilian + Dominican + Sephardic_Jew @ 4.373580
3 French + Brazilian + Dominican + Sephardic_Jew @ 4.404467
4 Portuguese + Brazilian + Greek_Central + Dominican @ 4.410298
5 French + Brazilian + Ashkenazy_Jew + Dominican @ 4.440058
6 South_German + Brazilian + Sicilian + Dominican @ 4.499718
7 Portuguese + Brazilian + Greek_Thessaly + Dominican @ 4.501577
8 Serbian + Brazilian + Ashkenazy_Jew + Dominican @ 4.506534
9 French + Brazilian + Sicilian + Dominican @ 4.508803
10 South_German + Brazilian + Ashkenazy_Jew + Dominican @ 4.523502
11 Irish + Brazilian + Dominican + Sephardic_Jew @ 4.525444
12 Serbian + Brazilian + Sicilian + Dominican @ 4.545476
13 Bulgarian + Brazilian + Tuscan + Dominican @ 4.562182
14 Bulgarian + Brazilian + Albanian + Dominican @ 4.580083
15 English + Brazilian + Dominican + Sephardic_Jew @ 4.599457
16 Utahn_White + Brazilian + Sicilian + Dominican @ 4.624129
17 Serbian + Brazilian + Dominican + Sephardic_Jew @ 4.636393
18 Macedonian + Brazilian + Tuscan + Dominican @ 4.637706
19 Montenegrin + Brazilian + Albanian + Dominican @ 4.643079
20 Italian + Brazilian + Greek_Thessaly + Dominican @ 4.648387

O problema dessas calculadoras com latinos é que não te dizem muito sobre sua ancestralidade real.
Parece que o shift ao East Med não vem de mistura, ainda que meu SSA não seja irrelevante (8-10%) não parece ser grande o suficiente para causar tamanha ''orientalização'' no meu DNA (meu ameríndio geralmente fica entre 1% e 3%).

Dodecad 9 me dá isso: Using 2 populations approximation:
1 50% N_Italian_Dodecad +50% Puerto_Rican @ 5.158671

Não é lá muito iluminador...

Talvez o Global25 seja a melhor forma de detectar as porcentagens de minha real ancestralidade portuguesa, espanhola, italiana.

Eu diria que a possibilidade de ancestrais do sul de Itália por essa avó italiana que não sei a origem é bem provável considerando esses oracles, certo? Todos esses Ashkenazi, gregos e Sephardi aparecendo. Ou talvez eu tenha ancestrais judeus e não sei.
Se mais alguém puder ajudar ficarei grato.

Amarelo
11-18-2019, 01:35 PM
É, parece mesmo que tens essa orientação para o sudeste do mediterrâneo. A possibilidade da bisavó italiana do sul parece-me bastante plausível.

Ruderico
11-18-2019, 01:37 PM
Talvez o Global25 seja a melhor forma de detectar as porcentagens de minha real ancestralidade portuguesa, espanhola, italiana.

Não sei até que ponto, tendo em conta a variação que existe dentro de cada grupo e da quantidade de ADN em comum/semelhante entre esses grupos. Se eu não soubesse as minhas origens e me fosse fiar só no G25 iria pensar que era Asturiano ou Leonês. Como te disse, na minha opinião o melhor deve ser investigar os teus matches e procurar ligações a Itália.

Amarelo
11-18-2019, 01:41 PM
Talvez ascendencia judaica mesmo, se não engano Jtest e DNAland são voltados para busca de ancestralidade judaica

Caius Agrippa
11-18-2019, 01:46 PM
Não sei até que ponto, tendo em conta a variação que existe dentro de cada grupo e da quantidade de ADN em comum/semelhante entre esses grupos. Se eu não soubesse as minhas origens e me fosse fiar só no G25 iria pensar que era Asturiano ou Leonês. Como te disse, na minha opinião o melhor deve ser investigar os teus matches e procurar ligações a Itália.


Eu tenho bons matches com italianos e/ou descendentes que compartilham comigo a etnia 'Do Oriente Médio' ou 'Ásia Ocidental' no MyHeritage (somando 10% das duas), mas alguns desses parecem ser do norte de Itália o que me deixa confuso. Conheço bem toda a genealogia do meu avô paterno (75% friulano e 25% trentino), não existem sinais de judeus na família dele, regredi até o século XVII.

Minha avó, filha da italiana desconhecida, ainda é viva. Vou testá-la em breve e tirar a dúvida, além de tentar avançar na genealogia documental.

Ruderico
11-18-2019, 01:52 PM
Eu tenho bons matches com italianos e/ou descendentes que compartilham comigo a etnia 'Do Oriente Médio' ou 'Ásia Ocidental' no MyHeritage (somando 10% das duas), mas alguns desses parecem ser do norte de Itália o que me deixa confuso. Conheço bem toda a genealogia do meu avô paterno (75% friulano e 25% trentino), não existem sinais de judeus na família dele, regredi até o século XVII.

Minha avó, filha da italiana desconhecida, ainda é viva. Vou testá-la em breve e tirar a dúvida, além de tentar avançar na genealogia documental.

Eu também apostaria nisso, parece uma boa ideia se tiveres os meios

Caius Agrippa
11-18-2019, 01:54 PM
Talvez ascendencia judaica mesmo, se não engano Jtest e DNAland são voltados para busca de ancestralidade judaica

DNA.LAND e JTest me dão muito pouco judeu, no DNA. LAND me deram isso aqui:

38% Northwestern European
35% Mediterranean Islander
9.5% Southwestern European
6% North African
9% SSA
2.5% Native American

JTest me dá 5.83% de Ashkenazim, se me lembro bem.

Edit: corrigir as porcentagens, dei uma olhada no DNA.LAND novamente.

Endovelicus
11-18-2019, 02:00 PM
Outro fator de diferença entre portugueses e norte italianos no k13 é o "West Asia". Os italianos têm índices muito maiores. O meu ficou - West_Asian 0.84

No meu caso o que mais se destaca é mesmo a componente East_Med, elevada relativamente à referência portuguesa (13.90). As outras duas componentes estão mais ou menos dentro da média.

West_Asian - 3.59
East_Med - 17.3
Red_Sea - 3.21

North_Italian na 12ª posição, sendo a primeira população (fora do cluster Ibérico) a surgir no ranking de single population sharing.

Caius Agrippa
11-18-2019, 02:11 PM
Alguém sabe o que é esse mediterranean islander do DNA.LAND?
Na descrição fala que é 'siciliano na Itália, cipriota em Chipre'.

Não me parece plausível que 35% do meu DNA seja east med e só 10% sudoeste europeu. Já ouvi dizerem que DNA.Land não presta.
Eles acertaram mais ou menos na porcentagem de caucasiano, subsaariano e nativo, sempre fico entre 88-90% caucasiano e o resto por volta de 8-10% SSA com uma pequena porcentagem ameríndia entre 1 e 3.

Só para constar, o mediterranean islander no meu dna.land supostamente não inclui 'ashkenazi' ou 'levantino'.

Ruderico
11-18-2019, 02:23 PM
Alguém sabe o que é esse mediterranean islander do DNA.LAND?
Na descrição fala que é 'siciliano na Itália, cipriota em Chipre'.

Não me parece plausível que 35% do meu DNA seja east med e só 10% sudoeste europeu. Já ouvi dizerem que DNA.Land não presta.
Eles acertaram mais ou menos na porcentagem de caucasiano, subsaariano e nativo, sempre fico entre 88-90% caucasiano e o resto por volta de 8-10% SSA com uma pequena porcentagem ameríndia entre 1 e 3.

Só para constar, o mediterranean islander no meu dna.land supostamente não inclui 'ashkenazi' ou 'levantino'.

Acho que não deves perder tempo com o DNA.land

Caius Agrippa
11-18-2019, 02:27 PM
Acho que não deves perder tempo com o DNA.land

Foi o que pensei, 35% Siciliano me pareceu absurdo.

RCO
11-18-2019, 02:31 PM
No meu caso o que mais se destaca é mesmo a componente East_Med, elevada relativamente à referência portuguesa (13.90). As outras duas componentes estão mais ou menos dentro da média.

West_Asian - 3.59
East_Med - 17.3
Red_Sea - 3.21

North_Italian na 12ª posição, sendo a primeira população (fora do cluster Ibérico) a surgir no ranking de single population sharing.

O meu k13 ficou assim:

Admix Results (sorted):

# Population Percent
1 North_Atlantic 35.61
2 West_Med 22.17
3 Baltic 15.5
4 East_Med 13.52
5 Amerindian 4.22
6 Northeast_African 2.71
7 Oceanian 1.57
8 Sub-Saharan 1.55
9 Red_Sea 1.5
10 West_Asian 0.84
11 South_Asian 0.65
12 Siberian 0.16

Single Population Sharing:

# Population (source) Distance
1 Portuguese 7.4
2 Spanish_Galicia 8.29
3 Spanish_Castilla_Y_Leon 8.82
4 Spanish_Cataluna 8.97
5 Spanish_Extremadura 9.17
6 Spanish_Murcia 9.32
7 Spanish_Valencia 9.66
8 French 10.02
9 Spanish_Cantabria 10.83
10 Spanish_Castilla_La_Mancha 10.87
11 North_Italian 11.18
12 Spanish_Andalucia 11.24
13 Southwest_French 11.96
14 Spanish_Aragon 13.16
15 West_German 14.05
16 South_Dutch 14.6
17 Tuscan 16.07
18 Serbian 17.08
19 Austrian 17.28
20 Romanian 17.53

Mixed Mode Population Sharing:

# Primary Population (source) Secondary Population (source) Distance
1 90.2% Portuguese + 9.8% MA-1 @ 4.71
2 87.7% Spanish_Castilla_Y_Leon + 12.3% MA-1 @ 4.84
3 95.4% Portuguese + 4.6% Pima @ 5.33
4 95.8% Portuguese + 4.2% Karitiana @ 5.38
5 94.8% Portuguese + 5.2% North_Amerindian @ 5.39
6 95.3% Portuguese + 4.7% Mayan @ 5.4
7 87.3% Spanish_Murcia + 12.7% MA-1 @ 5.43
8 88% Spanish_Cataluna + 12% MA-1 @ 5.48
9 87.8% Portuguese + 12.2% Kargopol_Russian @ 5.5
10 86.8% Spanish_Valencia + 13.2% MA-1 @ 5.54
11 88.7% Portuguese + 11.3% Erzya @ 5.54
12 87.1% Portuguese + 12.9% Southwest_Russian @ 5.56
13 87.5% Portuguese + 12.5% Estonian_Polish @ 5.61
14 85.5% Portuguese + 14.5% Ukrainian @ 5.62
15 82% Portuguese + 18% Croatian @ 5.65
16 87.5% Portuguese + 12.5% Ukrainian_Belgorod @ 5.66
17 89% Portuguese + 11% Lithuanian @ 5.66
18 88.3% Portuguese + 11.7% Estonian @ 5.67
19 85.3% Portuguese + 14.7% Ukrainian_Lviv @ 5.67
20 87.8% Portuguese + 12.2% Belorussian @ 5.68

Achei bem realista com a minha genealogia convencional. Meus 4 avós possuem genealogias coloniais brasileiras com pequenas misturas ameríndias e um bisavô alemão oriental. No geral são portugueses coloniais do Brasil.

Ruderico
11-18-2019, 02:33 PM
Achei bem realista com a minha genealogia convencional. Meus 4 avós possuem genealogias coloniais brasileiras com pequenas misturas ameríndias e um bisavô alemão oriental. No geral são portugueses coloniais do Brasil.

Parece-me bem também. O K15 foi semelhante? Tenho sempre curiosidade em comparar porque nunca sei qual parece ser mais fiável, a mim parecem-me ser ambos os melhorzitos apesar de já terem uns 6 ou 7 anos

RCO
11-18-2019, 02:36 PM
Sim, bastante parecido

Eurogenes EUtest V2 K15 Oracle results:

Admix Results (sorted):

# Population Percent
1 Atlantic 26.04
2 North_Sea 20.97
3 West_Med 17.31
4 East_Med 10
5 Baltic 7.82
6 Eastern_Euro 5.39
7 Amerindian 3.97
8 Northeast_African 2.65
9 Red_Sea 1.87
10 Sub-Saharan 1.69
11 Oceanian 1.44
12 West_Asian 0.65
13 South_Asian 0.21

Single Population Sharing:

# Population (source) Distance
1 Portuguese 7.06
2 Spanish_Cataluna 7.6
3 Spanish_Castilla_Y_Leon 7.72
4 Spanish_Galicia 7.79
5 Spanish_Murcia 7.92
6 Spanish_Extremadura 8.1
7 French 9.84
8 Spanish_Valencia 9.89
9 Spanish_Cantabria 10.22
10 Spanish_Castilla_La_Mancha 10.62
11 Spanish_Andalucia 10.8
12 North_Italian 11.19
13 Southwest_French 11.28
14 Spanish_Aragon 11.82
15 South_Dutch 13.13
16 West_German 15.26
17 Serbian 15.81
18 Austrian 16.08
19 Tuscan 16.09
20 Southwest_English 16.83

Mixed Mode Population Sharing:

# Primary Population (source) Secondary Population (source) Distance
1 95.6% Portuguese + 4.4% Pima @ 4.97
2 95.7% Portuguese + 4.3% Anzick-1 @ 4.97
3 95.4% Portuguese + 4.6% Mayan @ 4.99
4 96% Portuguese + 4% Karitiana @ 5.01
5 95% Spanish_Cataluna + 5% Pima @ 5.03
6 95.1% Spanish_Cataluna + 4.9% Anzick-1 @ 5.04
7 94.8% Spanish_Cataluna + 5.2% Mayan @ 5.04
8 94.8% Portuguese + 5.2% North_Amerindian @ 5.07
9 94% Spanish_Cataluna + 6% North_Amerindian @ 5.07
10 95.5% Spanish_Cataluna + 4.5% Karitiana @ 5.11
11 90.2% Spanish_Castilla_Y_Leon + 9.8% MA-1 @ 5.2
12 95.3% Spanish_Castilla_Y_Leon + 4.7% Anzick-1 @ 5.43
13 95.1% Spanish_Castilla_Y_Leon + 4.9% Pima @ 5.44
14 84% Spanish_Murcia + 16% Estonian @ 5.45
15 95% Spanish_Castilla_Y_Leon + 5% Mayan @ 5.46
16 94.2% Spanish_Castilla_Y_Leon + 5.8% North_Amerindian @ 5.46
17 85.9% Portuguese + 14.1% La_Brana-1 @ 5.51
18 95.7% Spanish_Castilla_Y_Leon + 4.3% Karitiana @ 5.52
19 92.3% Portuguese + 7.7% MA-1 @ 5.52
20 82% Spanish_Murcia + 18% Finnish @ 5.53

Caius Agrippa
11-18-2019, 02:38 PM
Achei bem realista com a minha genealogia convencional. Meus 4 avós possuem genealogias coloniais brasileiras com pequenas misturas ameríndias e um bisavô alemão oriental. No geral são portugueses coloniais do Brasil.

De qual região? Meu bisavô (o marido da italiana supostamente do sul) era um brasileiro colonial do Rio de Janeiro, o pai dele no Brasil há muitas gerações, ancestrais mais antigos dele entre os portugueses fundadores do Rio de Janeiro, a mãe dele uma colonial de Minas Gerais com 8 bisavós portugueses, 5 do Minho e 3 dos Açores. Os homens geralmente minhotos e as mulheres açorianas.
Parece-me que a migração portuguesa feminina no período colonial veio sobretudo das ilhas.

tatals
11-18-2019, 02:44 PM
O K13 e o K15 também parecem funcionar bem pra mim, mesmo tendo um percentual relativamente alto (por volta de 7%) ameríndio.

Eurogenes K13 Oracle results:

Admix Results (sorted):

# Population Percent
1 North_Atlantic 28.75
2 West_Med 20.94
3 East_Med 15.8
4 Baltic 12.12
5 Amerindian 7.13
6 West_Asian 5.56
7 Red_Sea 4.11
8 Northeast_African 2.32
9 East_Asian 1.74
10 Sub-Saharan 1.19
11 Siberian 0.34

Single Population Sharing:

# Population (source) Distance
1 North_Italian 10.75
2 Tuscan 12.43
3 Portuguese 12.71
4 Spanish_Extremadura 13.02
5 Spanish_Galicia 13.6

Mixed Mode Population Sharing:

# Primary Population (source) Secondary Population (source) Distance
1 91.3% North_Italian + 8.7% Pima @ 4.81
2 91% North_Italian + 9% Mayan @ 4.88
3 90.2% North_Italian + 9.8% North_Amerindian @ 4.93
4 92.2% North_Italian + 7.8% Karitiana @ 4.96
5 88.1% North_Italian + 11.9% West_Greenlander @ 6.74



Eurogenes EUtest V2 K15 Oracle results:

Admix Results (sorted):

# Population Percent
1 North_Sea 20.62
2 Atlantic 17.73
3 West_Med 17.33
4 East_Med 13.02
5 Amerindian 6.86
6 Eastern_Euro 5.81
7 West_Asian 4.95
8 Red_Sea 4.49
9 Baltic 4.07
10 Northeast_African 2.55
11 Southeast_Asian 1.55
12 Sub-Saharan 1.01

Single Population Sharing:

# Population (source) Distance
1 North_Italian 12.17
2 Spanish_Galicia 12.34
3 Portuguese 12.44
4 Spanish_Extremadura 13.22
5 Tuscan 13.73

Mixed Mode Population Sharing:

# Primary Population (source) Secondary Population (source) Distance
1 89.7% Spanish_Galicia + 10.3% North_Amerindian @ 7.6
2 91.4% Spanish_Galicia + 8.6% Pima @ 7.62
3 91.6% Spanish_Galicia + 8.4% Anzick-1 @ 7.63
4 91.6% North_Italian + 8.4% Pima @ 7.65
5 91.3% North_Italian + 8.7% Mayan @ 7.66



Edição:

Bom, isso no Oracle simples, porque no Oracle-4 eu pulo lá pra norte, haha.

1 Bedouin + Norwegian + Orcadian + Sardinian @ 7.792635
2 Jordanian + Norwegian + Orcadian + Sardinian @ 7.825578
3 Bedouin + Orcadian + Sardinian + West_Norwegian @ 7.873992
4 Jordanian + North_Swedish + Orcadian + Sardinian @ 7.896176
5 Egyptian + Norwegian + Orcadian + Sardinian @ 7.898380

RCO
11-18-2019, 02:46 PM
A genealogia do meu pai é do Norte de Santa Catarina (Joinville, São Francisco do Sul) e do Sul do Paraná (Curitiba e Paranaguá), a da minha mãe é do Rio de Janeiro, eu tenho genealogia convencional desde os fundadores de todas estas localidades. Basicamente portugueses do Minho e dos Açores, com presença ameríndia já incorporada e diluída desde os bandeirantes paulistas, presença africana ainda mais distante e alguns ramos cristão novos, enfim uma genealogia bem brasileira.

Caius Agrippa
11-18-2019, 03:12 PM
O K13 e o K15 também parecem funcionar bem pra mim, mesmo tendo um percentual relativamente alto (por volta de 7%) ameríndio.

Eurogenes K13 Oracle results:

Admix Results (sorted):

# Population Percent
1 North_Atlantic 28.75
2 West_Med 20.94
3 East_Med 15.8
4 Baltic 12.12
5 Amerindian 7.13
6 West_Asian 5.56
7 Red_Sea 4.11
8 Northeast_African 2.32
9 East_Asian 1.74
10 Sub-Saharan 1.19
11 Siberian 0.34

Single Population Sharing:

# Population (source) Distance
1 North_Italian 10.75
2 Tuscan 12.43
3 Portuguese 12.71
4 Spanish_Extremadura 13.02
5 Spanish_Galicia 13.6

Mixed Mode Population Sharing:

# Primary Population (source) Secondary Population (source) Distance
1 91.3% North_Italian + 8.7% Pima @ 4.81
2 91% North_Italian + 9% Mayan @ 4.88
3 90.2% North_Italian + 9.8% North_Amerindian @ 4.93
4 92.2% North_Italian + 7.8% Karitiana @ 4.96
5 88.1% North_Italian + 11.9% West_Greenlander @ 6.74



Eurogenes EUtest V2 K15 Oracle results:

Admix Results (sorted):

# Population Percent
1 North_Sea 20.62
2 Atlantic 17.73
3 West_Med 17.33
4 East_Med 13.02
5 Amerindian 6.86
6 Eastern_Euro 5.81
7 West_Asian 4.95
8 Red_Sea 4.49
9 Baltic 4.07
10 Northeast_African 2.55
11 Southeast_Asian 1.55
12 Sub-Saharan 1.01

Single Population Sharing:

# Population (source) Distance
1 North_Italian 12.17
2 Spanish_Galicia 12.34
3 Portuguese 12.44
4 Spanish_Extremadura 13.22
5 Tuscan 13.73

Mixed Mode Population Sharing:

# Primary Population (source) Secondary Population (source) Distance
1 89.7% Spanish_Galicia + 10.3% North_Amerindian @ 7.6
2 91.4% Spanish_Galicia + 8.6% Pima @ 7.62
3 91.6% Spanish_Galicia + 8.4% Anzick-1 @ 7.63
4 91.6% North_Italian + 8.4% Pima @ 7.65
5 91.3% North_Italian + 8.7% Mayan @ 7.66



Edição:

Bom, isso no Oracle simples, porque no Oracle-4 eu pulo lá pra norte, haha.

1 Bedouin + Norwegian + Orcadian + Sardinian @ 7.792635
2 Jordanian + Norwegian + Orcadian + Sardinian @ 7.825578
3 Bedouin + Orcadian + Sardinian + West_Norwegian @ 7.873992
4 Jordanian + North_Swedish + Orcadian + Sardinian @ 7.896176
5 Egyptian + Norwegian + Orcadian + Sardinian @ 7.898380

Você provavelmente não tem nenhum subsaariano real, estás dentro da média dos ibéricos, como o Ruderico comentou em outro tópico, o que tu absorveu de coloniais foi provavelmente apenas o ameríndio. Teus ancestrais coloniais provavelmente eram paulistas, paranaenses ou de partes do interior do nordeste, só assim para explicar a ausência de subsaariano. O teu Oracle 4 não é tão ao norte assim, tem Bedouin e Jordanian, com certeza influências dos bisavós da Campânia que afirmou ter.

Eu também tenho uma boa noção da minha genealogia, só preciso terminar de encaixar algumas peças. O 1/12 SSA certamente vem de uma bisavó materna que era oriunda da Bahia e tinha mãe mulata, o 1/32 ameríndio não faço ideia mas imagino que venha de algum antepassado português colonial, como a porcentagem é baixa imagino que seja um resquício dos primórdios da colonização.

Pela parte da minha mãe fico assim: bisavô hispano-português recente (Múrcia e Madeira), bisavó baiana com 1/4 de SSA e o resto português, bisavô colonial de família tradicional, bisavó italiana de origem desconhecida na Itália.
Parte do meu pai: dois bisavós italianos de origens no Friuli e Trentino, uma bisavó filha de portugueses dos Açores, um bisavô brasileiro colonial.


Minha afinidade 'east-med' tem duas possíveis fontes: a bisavó italiana desconhecida ser do sul ou algum dos meus ancestrais coloniais ser cristão-novo ou mesmo vários deles com ancestralidade sefárdica.

Foi muito bom ter descoberto esse site, certamente vou aprender muito com vocês.

tatals
11-18-2019, 03:45 PM
Você provavelmente não tem nenhum subsaariano real, estás dentro da média dos ibéricos, como o Ruderico comentou em outro tópico, o que tu absorveu de coloniais foi provavelmente apenas o ameríndio. Teus ancestrais coloniais provavelmente eram paulistas, paranaenses ou de partes do interior do nordeste, só assim para explicar a ausência de subsaariano. O teu Oracle 4 não é tão ao norte assim, tem Bedouin e Jordanian, com certeza influências dos bisavós da Campânia que afirmou ter.


O norte, no caso, afirmei pelo Norwegian e pelo Orcadian. São totalmente fora da minha ancestralidade conhecida.

Meu trisavós de origem colonial são mineiros. O mais próximo que pude rastrear era um português militar que veio de Braga a em meados do século XVIII a mando da coroa portuguesa para desbravar o sudeste. Sertanista, não sei ao certo se poderia categorizá-lo como bandeirante. Seu filho nasceu em Minas, e mais tarde fundou a cidade onde nasci, aqui em SP. Ele é meu pentavô, e alguns arquivos históricos o chamam de 'caboclo', então sempre entendi que a mãe dele era pelo menos parcialmente nativa. Se não me engano, a mãe, minha hexavó, tinha origem no Rio.

Os outros, conheço pouco, mas tenho uma leve desconfiança de que existe pelo menos por parte de um bisavô uma certa herança africana. Mas ainda estou a investigar as origens dele, que têm se provado as mais difíceis. Estou aguardando o resultado do teste que minha avó, filha dele, fez, para poder entender melhor. 3% de herança de um trisavô é factível, se coniderarmos que todas as gerações subsequentes receberam a quantidade total cabida no repasse cromossômico.

Ruderico
11-18-2019, 04:50 PM
O 4-Oracle só interessa para quem tem de facto 4 origens diferentes (e mesmo aí depende, porque as referências são só apenas isso, referências), para quem não tem é normal saírem resultados bizarros

Caius Agrippa
12-09-2019, 01:39 AM
Olá, amigos, descobri a origem da bisavó italiana de origem desconhecida: os pais de minha bisavó nasceram em Benevento, Campania, sul da Itália. Nossas estimativas estavam corretas.Impressionante como é possível prever tais coisas só a olhar para o DNA. Possivelmente tenho um ou dois pentavós de origem sefardita ou parcial sefardita portuguesa pelo que andei a pesquisar.

Agora meus resultados ficaram bem mais claros para mim, é impossível que calculadoras pudessem me modelar como 25% ashkenazi, siciliano, grego das ilhas, turco ou alguma etnia do Cáucaso apenas com ancestralidade europeia portuguesa/espanhola e norte-italiana, ainda que os norte -italianos também tenham mais Cáucaso/Ásia Ocidental que os ibéricos.

Os resultados do Dodecad e puntDNAL realmente se aproximam mais da minha ancestralidade real, geralmente me modelam como uma mistura de sudoeste europeu (50%) + sudeste europeu (25%) + alguma população latino-americana predominantemente ibérica com alguma mistura (25%, geralmente porto-riquenhos ou dominicanos).

Endovelicus
12-11-2019, 06:26 PM
fingers crossed :D

Caretos de Podence podem ser hoje elevados a Património Imaterial da Humanidade (https://www.rtp.pt/noticias/pais/caretos-de-podence-podem-ser-hoje-elevados-a-patrimonio-imaterial-da-humanidade_a1191246)

Ruderico
12-11-2019, 06:31 PM
fingers crossed :D

Caretos de Podence podem ser hoje elevados a Património Imaterial da Humanidade (https://www.rtp.pt/noticias/pais/caretos-de-podence-podem-ser-hoje-elevados-a-patrimonio-imaterial-da-humanidade_a1191246)

Era bom, até porque há tradições semelhantes noutras zonas do país, como os Caretos de Lazarim (Lamego) ou a Sacada de Quintela (https://youtu.be/_OXjBVboRwU) (Mangualde)

Sobre a Sacada: https://sicnoticias.pt/pais/2019-03-05-Novos-e-velhos-juntam-se-em-Mangualde-para-jogar-a-Sacada

Endovelicus
12-12-2019, 06:05 PM
Agora é oficial! :)


https://www.youtube.com/watch?v=IjBVCSaTTEE&feature=emb_title

Caretos de Podence elevados a Património Imaterial da Humanidade da UNESCO (https://www.rtp.pt/noticias/cultura/caretos-de-podence-elevados-a-patrimonio-imaterial-da-humanidade-da-unesco_n1191629)

Ruderico
12-12-2019, 06:35 PM
:amen::cheer2::dance::beerchug:

RCO
12-12-2019, 07:29 PM
Chamamos estas fantasias e máscaras de Bate-bolas ou Clóvis, bem comuns nos Carnavais.

Endovelicus
12-16-2019, 11:10 AM
Aproveitei a semana grátis concedida pelo MH e enviei a minha raw data. Os resultados já estão disponíveis.

https://i.imgur.com/y8qYQ9h.png

:lol:

Caius Agrippa
12-16-2019, 09:14 PM
Aproveitei a semana grátis concedida pelo MH e enviei a minha raw data. Os resultados já estão disponíveis.

https://i.imgur.com/y8qYQ9h.png

:lol:

Tens menos ibérico do que eu :lol:

https://i.postimg.cc/Gt6MP0qc/Captura-de-Tela-24.png

Estimativa de etnias do MyHeritage não é lá das melhores, ainda que para mim não tenha sido tão ruim assim, com exceção do apagamento do meu italiano que ficou só em 8% (imagino que foi comido pelo Médio Oriente e Ásia Ocidental + um pouco do Ibérico e esse Báltico que não faço ideia). Fiz um novo upload com a raw data do FTDNA, veremos se os resultados vão mudar.

Caius Agrippa
12-17-2019, 04:11 AM
Acabou de sair o resultado do kit que upei ontem, resultados praticamente idênticos, mudanças mínimas, todas ao redor ou menores que 1%, com exceção do Ibérico, que caiu de 64% para 60%.

Parece que meu DNA não é muito variável no MyHeritage, a única novidade acima de 1% é que ganhei 1.8% de Norte da África, que diminuiu meu Ibérico. Provavelmente esse surgimento do Norte da África e mais 0.8% Centro Africano foi tirado do Ibérico, assim como o aumento mínimo de 1% e 1.5% no Báltico e no Italiano. Que piada de estimativa.
Parece que o componente designado como 'Ibérico' no MyHeritage deveria ser designado por 'Sudoeste Europeu'.

Em geral, useless. Não vejo a hora de fazer o 23andme, ultimamente ando desconfiado até da raw data do MyHeritage, não acho que os resultados vão mudar radicalmente no 23andme, mas certamente terei uma estimativa étnica mais acertada.

Endovelicus
12-17-2019, 06:00 PM
Tens menos ibérico do que eu :lol:

https://i.postimg.cc/Gt6MP0qc/Captura-de-Tela-24.png

Estimativa de etnias do MyHeritage não é lá das melhores, ainda que para mim não tenha sido tão ruim assim, com exceção do apagamento do meu italiano que ficou só em 8% (imagino que foi comido pelo Médio Oriente e Ásia Ocidental + um pouco do Ibérico e esse Báltico que não faço ideia). Fiz um novo upload com a raw data do FTDNA, veremos se os resultados vão mudar.

No 23andMe nem obtive uma percentagem de Ibérico por aí além, apenas 75%.

Ruderico
12-17-2019, 06:13 PM
No 23andMe nem obtive uma percentagem de Ibérico por aí além, apenas 75%.

Acho que é um valor bastante comum, pelo que vejo nas minhas matches. Abri um ao calhas e tem 73.9%

Endovelicus
12-24-2019, 12:10 PM
Votos de Feliz Natal a todos!
:beerchug:

Gil Vicente
12-24-2019, 07:49 PM
Já viram as alterações ao gedmatch? Aquilo quer dizer o quê na prática?

RCO
12-25-2019, 12:54 PM
Feliz Natal e Bom 2020 !

Ruderico
12-25-2019, 10:00 PM
Feliz Natal a todos!

konian lusitanum
12-28-2019, 08:44 AM
cum caracas esters gajos nao sao lusitanos sao berberes ha ha ha , podem crer que estes sao os vossos resultados mais certeiros ha ha ha congrates lets drink some tea

Ruderico
12-28-2019, 03:04 PM
Ainda nos hás-de explicar o que é um "lusitano", já que os originais deixaram de existir há quase 2000 anos

konian lusitanum
12-29-2019, 09:44 AM
nao desapareceram nao , eles ainda continuam ca em genes basta olhar pra vossos haplogroupos sao mais lusitanos do que otra cosa analizai vosso mtdna H the haplogroup
do povo feminino basco e lusitano caramba gente que otro carimbo genetico precisam pra reconhecer a vossa lusitanidade ? continuem procurando mas numca vao achar porque isso esta mesmo ai a frente dos vossos olhos voces nao estao querendo ver

quer dizer proteje teu ADN do FBI , TIRA O DE LA

Dou te o meu apoio em fazeres o 23 and me , te posso dizer que o 23 e me usando a raw data em ferramentas exteriores como wegene vai te sair superior ou equivalente ao Y111 do ftdna, e depois vem acompanhado de autosomal e alguns traits o que em termos de qualidade resultados e preco supera completamente o Y111 a melhor opcao em termos de haplogroupo somente e o big y , com o 23 e me de certeza que pouparas dinheiro e obteras ainda mais resultados que o Y111 como ja disse , a nao ser que queiras deixar o teu haplogroupo no muro ou arvore dos haplogroups pra isso precisas do tal big mister

nao ligue muito pra estas porras de autosomal amigo , faca o seu teste de cefalic index e veja seus resultados , isso lhe dira 100% se pertence a familia de seus ancestres lusitanos , nao estou falando treta

Ruderico
12-29-2019, 02:09 PM
nao desapareceram nao , eles ainda continuam ca em genes basta olhar pra vossos haplogroupos sao mais lusitanos do que otra cosa analizai vosso mtdna H the haplogroup
do povo feminino basco e lusitano caramba gente que otro carimbo genetico precisam pra reconhecer a vossa lusitanidade ? continuem procurando mas numca vao achar porque isso esta mesmo ai a frente dos vossos olhos voces nao estao querendo ver

quer dizer proteje teu ADN do FBI , TIRA O DE LA

Dou te o meu apoio em fazeres o 23 and me , te posso dizer que o 23 e me usando a raw data em ferramentas exteriores como wegene vai te sair superior ou equivalente ao Y111 do ftdna, e depois vem acompanhado de autosomal e alguns traits o que em termos de qualidade resultados e preco supera completamente o Y111 a melhor opcao em termos de haplogroupo somente e o big y , com o 23 e me de certeza que pouparas dinheiro e obteras ainda mais resultados que o Y111 como ja disse , a nao ser que queiras deixar o teu haplogroupo no muro ou arvore dos haplogroups pra isso precisas do tal big mister

nao ligue muito pra estas porras de autosomal amigo , faca o seu teste de cefalic index e veja seus resultados , isso lhe dira 100% se pertence a familia de seus ancestres lusitanos , nao estou falando treta

Estás a dar demasiada importância a algo que não contribui virtualmente nada para a genética de uma pessoa com a excepção do que está entre as pernas. Nenhum geneticista de populações dá grande importância a haplogrupos por alguma razão, eles são importantes para determinar movimentos populacionais, mas quanto à composição genética de indivíduos ou populações eles não interessam muito. Quase todos os estudos de amostras antigas gastam imensa tinta na análise e modelação genética das amostras, mas pouco mais de um pequeno capítulo e uma tabela para haplogrupos. Não é por teres um cromossoma Y R1b ou G2a que és uma pessoa diferente, nem passas de "lusitano" para "ligúre" ou outra coisa qualquer. Nem isso sequer faria sentido. Pior ainda, de há 2000 para cá passaram umas 80 gerações o que dá um total de 2^80 linhas ancestrais, no entanto apenas uma delas é a tua linhagem paterna/materna. Adicionalmente apenas uns 5394 indivíduos de há 80 gerações contribuem para o teu ADN. Mesmo que por milagre um desses 5394 seja o teu antepassado paterno, ele não contribui mais do que 1/5394 (0.02%) do teu ADN. Dar mais importância a isso do que aos restantes 99.98% é inenarrável. Mesmo que fosse importante não temos uma única amostra Lusitana, ou sequer da Idade do Ferro do Ocidente Ibérico (Portugal, Galiza, Astúrias, etc), portanto não temos certezas nenhumas.

Quanto ao teu "apoio", já fiz o 23andme (até tenho os resultados na signature), já fiz o Big Y 700, não preciso de mais nada.

Por último, ninguém liga a índices cefálicos no século 21.

konian lusitanum
12-29-2019, 10:00 PM
essa sujestao era dirigida ao amigo que fez a pergunta se lhe recomendavam fazer o 23 e me , se ja fez isso tudo nem precisa de se referenciar a isso , se um entendido na materia use o seu conhecimento pra aconselhar outros , porque e para isso penso eu que a conversa du cafe foi iniciada nao pra se evedenciar como master de genetics se o e , nao o demontra com sua actitude autocratica de sabicao , ou entao esta ai pra afuguentar possivel novos membros pelo s numeros ve se mesmo , emende se homem deixe esse seu ego a nao ser que queira este forum somente pra si se sabe muito use isso pra ajudar outros que procuram informacao :amen::(

Ruderico
12-29-2019, 11:36 PM
Não sou "sabichão" nenhum, mas dar tanta importância a haplogrupos ou índices cefálicos para determinar algo como etnicidade é algo que me obriga a comentar porque é informação muito desactualizada

konian lusitanum
12-30-2019, 11:12 AM
sim desatualizada , so se for pra si em forensic e no caso dum corpo a a primeira observacao de identificacao do individuo , ainda hoje anthropologistas e geneticistas continuam usando isso como complemento de analises pra identificacao de samples humanos antigos estamos a falar de ancestrialidade e genetica meu caro apesar de ser seculo 21 nao ha ferramentas modernas de eficacia 100 por cento e tudo em estimacao , nada em concreto ou defenido , ate em lendas e historias da carochinha os entendidos de genetica aproveitam pra estudar e chegar a conclusoes eu sei qual e o cefalic index de minha cabeca e quantos existe como referencia mas ha pessoas que nao , descobrir nossas origens encompassa tudo ate os farrapos velhos que temos como recordacao ha 500 anos tudo serve pra analizar nossa ancestria ate os carros de bois que os nossos avos nos deixaram ate a mais minuscula particula duma peca partida nos leva aquilo que procuramos ate um rubrica mal feita nos centros eclesiasticos tudo sao coisas que fazem parte do estudo daquilo que procuramos , nao ha ferramentas ultrapassadas em genetics todas podem ser usadas lembrese que aquilo que e feito com ferramenta ultrapassada faz melhor trabalho do que com ferramenta moderna so leva mais tempo , para terminar ha muitas teorias ultrapassadas en genetica mas como nao se encoutrou outras mais bem pausiveis continuam se a usar e como isso em tudo

Ruderico
12-30-2019, 11:27 AM
Nada disso tem que ver com o assunto inicial, que era a tua definição de "Lusitanos", falas em índice cefalico mas não mostras estudos a indicar qual era o CI medido em amostras arqueológicas da Idade do ferro em Portugal. Há uma razão para os estudos de arqueologia estarem a dar cada vez menos relevância a esse tipo de medições e mais a estudos genéticos, nada é perfeito mas há métodos mais sofisticados e fiáveis que outros. Até na ciência forense que referiste o uso de ADN foi revolucionário.
Não que isso interesse muito, já que há Portugueses com CI 74 e outros com 82, no entanto geneticamente somos todos relativamente semelhantes. Usar uma medição da cabeça para definir uma etnia faz pouco sentido. Se vais incluir coisas como taxonomia, aconselho-te a reler o ponto 3.12 dos Terms of service do forum

Edit: https://en.wikipedia.org/wiki/Cephalic_index#Controversy

Endovelicus
12-31-2019, 11:06 AM
Feliz Ano Novo! :beerchug:

https://i.giphy.com/media/W6i4XCuAglryrML5rd/giphy.gif

Endovelicus
01-07-2020, 12:44 AM
a moderação que desculpe dois posts consecutivos... :D


actualizações no MTA. :lol:

https://i.imgur.com/mZMGXhm.png

https://i.imgur.com/PIhkeNK.png

Ruderico
01-07-2020, 08:51 AM
No grupo do facebook estão fartos de publicar esse pie chart do MTA como se fosse algo real ou útil :lol:

Defski
01-07-2020, 03:38 PM
a moderação que desculpe dois posts consecutivos... :D


actualizações no MTA. :lol:

https://i.imgur.com/mZMGXhm.png

https://i.imgur.com/PIhkeNK.png

2,83% Iberians vs 22,9% Illyrians??? Como diria o meu filho muito bem vendido :)

Ruderico
01-07-2020, 03:48 PM
2,83% Iberians vs 22,9% Illyrians??? Como diria o meu filho muito bem vendido :)

Eles aproveitam-se da curiosidade e ignorância das pessoas para fazer dinheiro, e o problema é que estão a ter sucesso. Ainda há uns dias um tipo aqui admitiu que gastou 250$ no "serviço" deles

Endovelicus
01-07-2020, 05:48 PM
2,83% Iberians vs 22,9% Illyrians??? Como diria o meu filho muito bem vendido :)


Eles aproveitam-se da curiosidade e ignorância das pessoas para fazer dinheiro, e o problema é que estão a ter sucesso. Ainda há uns dias um tipo aqui admitiu que gastou 250$ no "serviço" deles

como se diz em bom português, são vendedores de banha da cobra. :lol:

Caius Agrippa
01-11-2020, 12:55 PM
A amostra Illyrian seria já semelhante aos ibéricos, não? Quando fiz o teste apareceu como população para mim e fui pesquisar no Google.

https://i.postimg.cc/kXsTNXP0/Captura-de-Tela-60.png

Hyoga7
01-27-2020, 09:02 PM
Deixem-se de "I"liricismos e testem o Lage, o Conceição e o Silas ;)

Endovelicus
01-27-2020, 10:21 PM
^^:rofl:

Caius Agrippa
02-06-2020, 10:22 PM
Confrades, quão confiável é o LivingDNA? Fiz alguns uploads no site para testar a calculadora e todos saíram com resultados drasticamente diferentes, inclusive nas partes continentais. E quando falo drasticamente, a diferença foi MUITO grande do primeiro para o último. Fiz três uploads nos últimos dias e todos me deram resultados diferentes.

1º 90% Europa, 8% África, 2% Ameríndio.
2º 85,6% Europa, 12% África, 2.4% Ameríndio.
3º 77% Europa, 12% África, 11% Ameríndio.

Os dois primeiros são até coerentes entre si e com o que tenho nas outras calculadoras (imagino que parte da África no segundo seja norte-africano), mas o terceiro é absurdo.

É certeza que este último teste está incorreto, certo? De 2% para 11% é uma variação considerável e fiz os dois últimos uploads no mesmo dia. Nunca tive mais de 3% Ameríndio em nenhum teste, isto me cheirou a charlatanismo. Pedi que apagassem meus dados, não é possível confiar numa empresa que fornece resultados tão sem rigor.

Caius Agrippa
02-06-2020, 10:56 PM
O mesmo que um macaco carregando uma metralhadora carregada e pronta.

Achei a tradução engraçada e me fez rir :D

hahahaha

Deram-me resultados completamente ridículos... 11% Native American, que piada... Não tenho mais de 3% em nenhum outro teste e mesmo no próprio LivingDNA.

Em comparação, isso é que obtenho com a Eurogenes K15 usando o admixture studio:

20,09% Atlantic
17,94% North_Sea
17,49% West_Med
16,22% East_Med
10,30% Sub-Saharan
6,91% Baltic
3,89% West_Asian
2,85% Amerindian
2,62% Northeast_African
1,04% Eastern_Euro
0,63% Southeast_Asian
0,02% Red_Sea

Esses são os oracles:

Oracle Calculator by www.dnagenics.com
v1.3 01/12/2019

Finished reading population data. 204 populations found.
15 components mode.

--------------------------------


Mixed Mode:
1 51,17% Tunisian + 48,83% Southwest_English @ 11,054
2 50,39% Southwest_English + 49,61% Tunisian @ 11,074
3 59,77% French + 40,23% Tunisian @ 11,182
4 51,95% Tunisian + 48,05% Southeast_English @ 11,204
5 50,39% Southeast_English + 49,61% Tunisian @ 11,260
6 54,30% South_Dutch + 45,70% Tunisian @ 11,294
7 51,95% Mozabite_Berber + 48,05% Southeast_English @ 11,353
8 54,30% South_Dutch + 45,70% Mozabite_Berber @ 11,392
9 50,39% Southeast_English + 49,61% Mozabite_Berber @ 11,417
10 53,52% West_German + 46,48% Mozabite_Berber @ 11,421

Least-squares method.

Using 1 populations approximation

1 100% North_Italian @ 14,282
2 100% Portuguese @ 15,413
3 100% Spanish_Extremadura @ 15,965
4 100% Tuscan @ 15,974
5 100% Spanish_Galicia @ 16,049
6 100% Spanish_Murcia @ 16,050
7 100% Spanish_Castilla_Y_Leon @ 16,645
8 100% Spanish_Cataluna @ 16,951
9 100% Spanish_Andalucia @ 17,540
10 100% Spanish_Valencia @ 17,134


Using 4 populations approximation

1 25% Tunisian + 25% Tunisian + 25% Southwest_English + 25% Southwest_English @ 12,064
2 25% Tunisian + 25% Tunisian + 25% Southwest_English + 25% Southeast_English @ 12,134
3 25% Mozabite_Berber + 25% Tunisian + 25% Southwest_English + 25% Southwest_English @ 12,156
4 25% Mozabite_Berber + 25% Tunisian + 25% Southwest_English + 25% Southeast_English @ 12,167
5 25% Mozabite_Berber + 25% Tunisian + 25% Southeast_English + 25% Southeast_English @ 12,216
6 25% Tunisian + 25% Tunisian + 25% Southeast_English + 25% Southeast_English @ 12,242
7 25% Tunisian + 25% Tunisian + 25% French_Basque + 25% Swedish @ 12,243
8 25% Tunisian + 25% Tunisian + 25% Southwest_English + 25% Irish @ 12,284
9 25% Mozabite_Berber + 25% Tunisian + 25% Southwest_English + 25% Irish @ 12,309
10 25% Tunisian + 25% Tunisian + 25% Southwest_English + 25% Orcadian @ 12,314

MyHeritage deu-me 2.5% de nativo americano e FTDNA 2%. O SSA até que foi normal entre todos os uploads, entre 8-10%.

Frithnanth
02-09-2020, 09:12 PM
hahahaha

Deram-me resultados completamente ridículos... 11% Native American, que piada... Não tenho mais de 3% em nenhum outro teste e mesmo no próprio LivingDNA.



Realmente, muito fora da realidade. Minha mãe é filha de portugueses da Beira Baixa, e, de acordo com as novas estimativas do LivingDNA, minha ancestralidade mais forte é do leste ibérico (Catalunha), com 37%. Segundo eles, eu não tenho nada de português. :doh:

Outro componente novo apareceu nos meus resultados e que não sei de onde tiraram foi o noroeste germânico.

Eu já achava as estimativas deles ruins, agora estão bem piores. Uma verdadeira piada mesmo.

Até parece que a calculadora deles é aleatória.

Caius Agrippa
02-11-2020, 04:15 AM
Realmente, muito fora da realidade. Minha mãe é filha de portugueses da Beira Baixa, e, de acordo com as novas estimativas do LivingDNA, minha ancestralidade mais forte é do leste ibérico (Catalunha), com 37%. Segundo eles, eu não tenho nada de português. :doh:

Outro componente novo apareceu nos meus resultados e que não sei de onde tiraram foi o noroeste germânico.

Eu já achava as estimativas deles ruins, agora estão bem piores. Uma verdadeira piada mesmo.

Até parece que a calculadora deles é aleatória.

Penso que esse teste só é bom para quem tem ancestralidade britânica. Para os outros é inútil, os resultados parecem ser aleatórios. Segundo o David do Eurogenes, o LivingDNA é péssimo para quem ancestralidades heterogêneas.

Lusitano
02-19-2020, 11:29 PM
O MyHeritage agora tem uma funcionalidade que permite colorir fotos antigas a preto e branco automaticamente. Incrivelmente é bastante fiável. Algumas fotos da minha família:

https://i.imgur.com/4ZrU0zN.jpg

https://i.imgur.com/LyNEZfC.jpg

https://i.imgur.com/jdY3FXk.jpg

https://i.imgur.com/Rk8OSJ4.jpg

Piquerobi
02-19-2020, 11:47 PM
^ Não sabia disso. Tenho uma grande coleção de fotos antigas, várias do século XIX. Muito legal! ;)